4 eventos ao vivo

Técnico da Itália diz que Espanha não é perfeita e explica como pode vencer

24 jun 2013
20h28
atualizado às 21h03

A Itália já tem a fórmula (ou uma das fórmulas) para vencer a Espanha na próxima quinta-feira, pela semifinal da Copa das Confederações. E o exemplo, segundo o técnico Cesare Prandelli, é a Nigéria, que perdeu para a Fúria por 3 a 0, no último domingo. Mas há explicações para isso...

– Nossa equipe tem de construir jogadas. No primeiro tempo contra a Espanha, a Nigéria chegou rapidamente e deu quatro chutes a gol. Este tem de ser o nosso jogo – afirmou o treinador da Azzurra.

– A Espanha lhe dá estímulo para jogar do ponto de vista tático e de jogo – completou.

Para definir a equipe e driblar os problemas físicos e os desfalques, Prandelli fará dois treinos nesta terça-feira, no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza. De manhã, a imprensa poderá ver apenas os primeiros 15 minutos do treinamento. À tarde, o trabalho tático será todo fechado.

Além do atacante Balotelli, que foi cortado nesta segunda-feira e embarcou para Milão (ITA) à noite, Prandelli perdeu o lateral-direito titular Abate – que também já voltou para a Itália. O técnico espera contar com os meio-campistas Pirlo e Montolivo, que se recuperam de lesão.

Apesar dos problemas, Prandelli está confiante. Para ele, a Espanha vive um grande momento, mas não é perfeita.

– Não existe time perfeito, existe momento perfeito. Temos de entender o equilíbrio que precisamos e aproveitar as oportunidades que aparecerem – disse.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
publicidade