0

Técnico do Mirassol se irrita com gol do Santos: "um absurdo"

21 mar 2013
23h28
atualizado às 23h42
  • separator
  • 0
  • comentários

O técnico Ivan Baitello deixou a Vila Belmiro indignado com o árbitro Rodrigo Braghetto. O segundo gol do Santos na vitória por 2 a 1 sobre o Mirassol, nesta quinta-feira, foi irregular. O auxiliar Leandro Matos Feitosa levantou a bandeira, mas Braghetto chamou a responsabilidade e validou o lance.

<p>Giva fez o gol pol&ecirc;mico do Santos</p>
Giva fez o gol polêmico do Santos
Foto: Guilherme Dionízio / Gazeta Press

"É difícil falar de arbitragem. Ele assumiu uma responsabilidade desnecessária. O auxiliar estava mais bem posicionado, por que assumir? Nem vi o lance na TV, mas falei pra ele: é um absurdo! Aí compensa com duas expulsões depois", disse o treinador, lembrando que Felipe Anderson e Patito receberam cartão vermelho no fim do jogo.

No lance do gol, o atacante Giva chutou duas vezes para balançar as redes. Na primeira, a bola bateu em Patito Rodríguez. Na segunda, o argentino abriu as pernas para ela passar. Em ambas, estava impedido. O atacante Tiago Luís, ex-Santos, também deixou o estádio chiando.

"Tem quatro arbitros, é trabalho em conjunto. Se um deu... O juiz decide, mas a bandeira estava levantada havia algum tempo. Contra time grande, prevalece a camisa, a tradição, sempre vão dar para o lado do Santos", lamentou.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade