Futebol

publicidade
18 de dezembro de 2013 • 14h29

Torcedores do Atlético-MG viram atração em Marrakesh

 

Um dos principais pontos turísticos de Marrakesh, a Praça Jemaa el-Fna, na Medina, centro histórico da cidade, se tornou ponto de encontro de torcedores nesta quarta-feira. Enquanto atleticanos faziam amizade entre si, combinando onde iriam se encontrar após a partida, fãs do Raja Casablanca paravam cada brasileiro com bandeira do Galo para tirar fotos.

- Com essa bandeira aqui a gente não consegue andar nem dez metros. Ontem, aqui na Medina, achei que fosse sair sem a bandeira e os cachecóis, de tanta gente que juntou à nossa volta - explicou Junior, mineiro de Belo Horizonte, que fazia sucesso com uma enorme bandeira com um galo desenhado.

Tradicional mercado na parte antiga da cidade e conhecido ponto turístico, a Praça Jemaa el-Fna estava lotada, mas os turistas não queriam saber de comprar souvenirs ou artesanato típico, e sim camisas, cachecóis e bandeiras do Raja, que são os itens mais procurados do local conhecido por vender artesanato marroquino.

- Vende mais que a do Bayern ou do Barcelona - explicou o vendedor de uma das tendas.

Se depender do público na Praça Jemaa el-Fna, o Grand Stade de Marrakech, na noite desta quarta, estará dividido quase que igualmente entre alvinegros e Green Boys, já que havia no local quase tantos atleticanos quanto torcedores do Raja.

Lancepress!