0

Uruguai se complica com empate diante do Paraguai

22 mar 2013
22h34
atualizado às 22h35

O Uruguai se complicou nessa sexta-feira nas Eliminatórias Sul-americanas para a Copa do Mundo de 2014 ao empatar em 1 a 1 com o Paraguai, o lanterna da competição com apenas oito pontos.

Com o empate, o Uruguai se mantém momentaneamente na quarta posição, com 13 pontos. Porém, é ameaçado de perto por Chile - que enfrenta o Peru hoje mais tarde em Lima - e Venezuela - que joga agora com a Argentina -, ambos com 12 pontos.

Além disso, a Celeste vem acumulando maus resultados. O Uruguai só conquistou dois dos últimos 15 pontos disputados nas eliminatórias.

Luis Suárez trouxe esperanças para o trocedor uruguaio quando marcou um gol aos 36 minutos da segunda etapa. Mas o otimismo foi por água baixo quatro minutos depois, quando Édgar Benítez, que aproveitou muito bem um erro da defesa uruguaia para marcar o empate.

Para o Paraguai, o empate também não foi de muita serventia, já que o deixa em último lugar da classificação. Os paraguaios necessitam agora de vencer quase todas as partidas restantes para poder sonhar com a classificação.

Fui uma partida truncada, com muitas faltas e os paraguaios foram um tanto agressivos.

As faltas impediram as tentativas uruguaias de colocar a bola no chão e procurar as brechas na defesa através das boas jogadas de Nicolás Lodeiro, o melhor da partido.

O Uruguai conseguiu dominar boa parte da partida, mas diante de um Paraguai recuado, pouco conseguiu produzir e ainda sofreu as ameaças dos contra-ataques.

A entrada de Edinson Cavani no início do segunda tempo abriu mais o jogo e permitiu que os uruguaios fizessem uma maior pressão sobre o Paraguai.

Mas o Uruguai foi incapaz de quebrar a defesa visitante e a ansiedade começou a influenciar o desempenho da equipe, que não conseguiu criar boas chances de gol, exceto em chute de meia distância de Lodeiro.

Foi aí que brilhou a estrela do atacante Suárez, que com um chute preciso conseguiu abrir o placar aos 36 minutos da última etapa.

Mas a alegria uruguaia durou muito pouco. Quando todos comemoravam a vitória e os três pontos, um erro da defesa deixou Benítez cara a cara com Muslera para marcar o gol de empate.

EFE   
publicidade