4 eventos ao vivo

Vargas faz dois e Grêmio vence o Bota na estreia de Renato Gaúcho na Arena

14 jul 2013
18h10
atualizado às 18h17

Um raio não cai duas vezes no mesmo lugar. Se ano passado, na estreia de Seedorf pelo Botafogo, o Grêmio colocou água no chopp, desta vez a história não se repetiu. No primeiro jogo de Renato Gaúcho sob o comando do Tricolor gaúcho na nova Arena do clube, o Grêmio superou o Glorioso por 2 a 1, com dois de Vargas e um de Seedorf. O resultado custou caro para o Alvinegro, pois fez o time perder a ponta da tabela do Brasileiro.

Na próxima rodada, o Botafogo recebe o Náutico, em São Januário, às 21h de sábado. Já o Grêmio, viaja até Santa Catarina para enfrentar o Criciúma, no mesmo dia, só que mais cedo, às 18h30.

PRIMEIRO TEMPO AGITADO

A partida começou animada, com as duas equipes buscando o comando das jogadas. Logo aos 3 minutos, Elano cobrou uma falta da intermediária, passando perigo ao gol de Jefferson. Em resposta, Rafael Marques cruzou da direita e Renato, de voleio, mandou por cima, da meta de Dida.

Depois, jogo deu uma esfriada, mas não por muito tempo. Aos 12, Alex Telles faz boa investida pela direita e manda a bola para a área. A pelota encontra Vargas, que chuta sem chances para Jefferson.

O tento acordou o Grêmio, que passou a dominar o confronto. Na melhor oportunidade para ampliar, Kléber manda um balaço da grande área, mas o goleiro alvinegro estava atento no lance. Um pouco depois da jogada, a estrela de Seedorf brilhou. Em lance individual, o holandês domina e manda uma bomda da intermediária. Uma pintura no ângulo direito de Dida para empatar o duelo.

Porém, perto do fim do primeiro tempo, o Grêmio conseguiu o gol do desempate. Em confusão na área, a bola sobrou para Vargas anotar o segundo dele no embate. O Botafogo reclamou do lance, pois o bandeirinha assinalou que Kléber, em impedimento, participou da jogada, mas o árbitro Paulo Cesar Oliveira não entendeu da mesma forma.

SEGUNDO TEMPO DE PRESSÃO ALVINEGRA

Botafogo começou o segundo tempo com corda toda. No minuto inicial, Seedorf bateu escanteio e Marcelo Mattos emendou um chute na pequena área para uma grande defesa, a queima roupa, de Dida. Após o lance, a equipe carioca dominou as ações no meio de campo, mas sem produzir jogadas de muito perigo.

Em dois lances iniciados pela direita, quase que o Botafogo iguala o placar novamente. Primeiro, com Lodeiro errando um chute cara a cara com Dida. Depois, o uruguaio cruzou a bola e Rafael Marques a cabeçeou com perigo na meta de Dida. O Grêmio, aos 25, fez a primeira jogada de efeito. Pará manda a pelota para área, que encontra Zé Roberto. Mas o camisa 10 gremista chutou em cima da zaga.

Depois da avançada do Grêmio, o Botafogo voltou a controlar a partida, mas sem transformar a superioridade em gol. No lance de maior expressão, Henrique mandou um balaço da pequena área, mas a bola passou longe do gol de Dida. No final, o Grêmio pegou o elevador e subiu da 9º para a 4º colocação. Já o Glorioso, desceu da liderança para 3 ª posição.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 2 X 1 BOTAFOGO

Local: Arena do Grêmio, Porto Alegre (RS)

Data/hora: 14/7/2013 – 16h(de Brasília)

Árbitro: Paulo Cesar Oliveira (SP)

Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Carlos Augusto Nogueira Júnior (SP)

Público pagante/renda: -

Cartões Amarelos: Grêmio - (Adriano 28' 1ºT) e Kléber (41'2ºT) Botafogo (Vitinho 16'2ºT) e Marcelo Mattos (36'2ºT)

GOLS: Grêmio - Vargas (12´/1ºT e 33'1ºT); Botafogo - Seedorf (19'1ºT)

GRÊMIO: Dida, Pará, Werley, Bressan e Alex Telles; Adriano, Souza (Matheus Biteco 38'2ºT), Zé Roberto e Elano (Maxi Rodríguez 23'2ºT); Vargas e Kléber - Técnico: Renato Gaúcho

BOTAFOGO: Jefferson, Lucas (Gilberto 15'2ºT), Bolívar, Dória e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Renato, Lodeiro (Elias 21'2ºT), Seedorf e Vitinho (Henrique 30'2ºT); Rafael Marques - Técnico: Oswaldo de Oliveira

Fonte: Lancepress! Lancepress!
publicidade