0

Vasco faz 2 a 1 no Friburguense e vence a primeira na Taça Rio

7 abr 2013
20h43

Em um jogo tecnicamente fraco, o Vasco derrotou o Friburguense por 2 a 1 no estádio de São Januário. Com a equipe já eliminada na Taça Rio, o técnico Paulo Autuori aproveitou para testar jogadores e formações. Além de colocar Pedro Ken, Bernardo e Romário em campo, durante a partida, Autuori mandou Elsinho, Thiaguinho e Dakson no jogo e as substituições deram certo.

O jogo

Sem Carlos Alberto, Wendel e Eder Luis, poupados pelo técnico Paulo Autuori o Vasco começou muito mal na partida. Nos primeiros dez minutos de jogo, as equipe se estudaram e a bola ficou concentrada no meio de campo. Aos 12, veio a primeira finalização da partida. O volante Bidú arriscou de fora da área, com um chutaço, e a bola fora para fora passando perto da trave esquerda de Michel Alves.

Após a primeira chance, o Friburguense começou a gostar do jogo. Aos 14 minutos, após cobrança de escanteio, a bola foi levantada na área do Vasco e Diego Guerra subiu sozinho para cabeciar na trave do Cruz-Maltino.

O time da casa era dominado e não conseguia chegar na área adversária. Até que, aos 24 minutos, veio a primeira finalização da equipe no jogo e, em consequencia, o gol. Bernardo chutou com força da entrada da área, o goleiro Adilson espalmou para a frente, e o oportunista Tenório pegou a sobra para marcar. Esse foi o primeiro gol do Vasco na Taça Rio e primeira vez que equatoriano balançou as redes na temporada 2013.

Com o gol, o time de São Januário se motivou e foi para cima do Friburguense. Com 28 minutos jogados, Romário saiu em velocidade pela esquerda, cruzou para a área e encontrou Tenório, mas o atacante finalizou caindo para o gol e facilitou a defesa de Adilson.

Pouco depois, o Vasco voltou a jogar mal e o Friburguense voltou a dominar a partida. Aos 35 minutos, o volante Lucas acertou um chutaço de fora da área e deixou tudo igual. O goleiro Michel Alves teve leve contribuição no gol.

Após sofrer o empate, o Cruz-Maltino resolveu sair para o jogo. Aos 40, Yotún achou Tenório livre na área. O atacante chutou com força em cima do goleiro adversário. Logo depois, aos 44, Bernardo fez boa jogada pelo lado direito do ataque vascaíno e tocou para Nei. O lateral chutou de primeira e a bola foi por cima do gol.

Mudanças capitais

Na volta para o segundo tempo, Autuori tirou Yotún, que vinha bem na partida, e botou Elsinho no campo. Com isso, Nei foi deslocado para a lateral-esquerda. Ao que tudo indica, o treinador vascaíno está usando a partida, que não vale mais nada para sua equipe - já eliminada da Taça Rio - para testar jogadores e formações. E as mudanças deram certo.

Logo aos dois minutos, Tenório foi lançado por Pedro Ken, que entrou na área e chutou em cima do goleiro Adilson. As duas equipes seguiram errando muitos passes e não levavam perigo aos goleiros adversários.

Aos 15 minutos, Flavinho fez nova jogada individual pela esquerda, cruzou, a bola passa por toda a área e chegou em Sergio Gomes, que bateu mal. O Vasco respondeu um minutos depois com Elsinho. Bernardo entrou pela esquerda, driblou dois marcadores e chutou com força. Adilson espalmou e Elsinho pegou o rebote, mas chutou em cima do marcador.

Com quase 17 minutos de jogo, Autuori tirou Tenório e lançou Thiaguinho. Com isso, a equipe ganhou mais velocidade. Aos 20 minutos, Bernardo arriscou um chutaço de fora da área e Adilson fez bela defesa.

O jogo voltou a ficar morno com as equipes criando poucas oportunidades de gol. Aos 36 minutos, o comandante vascaíno tirou Fellipe Bastos para colocar Dakson em campo. Um minuto depois, Thiaguinho entrou pela direita, driblou dois marcadores e passou para Dakson. Em seu primeiro toque na bola, o meia driblou um marcador e tocou para o gol, deixando o Vasco novamente na frente do placar.

Nos dez minutos restantes, o Vasco tocou bastante a bola no campo de defesa e o Friburguense não pode fazer mais nada.

FICHA TÉCNICA

VASCO 2 X 1 FRIBURGUENSE

Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)

Data-Hora: 7/4/2013 - 18h30 (de Brasília)

Árbitro: Estevão Cunha da Trindade (RJ)

Auxiliares: Francisco Pereira de Sousa (RJ) e Gilberto Stina Pereira (RJ)

Público/Renda: 1.845 Presentes / R$ 10.300

Cartões amarelos:

Cartão vermelho:

Gols: Tenório, 24'/2ºT (1 - 0) (VAS) / Lucas, 35'/2ºT (1 - 1) (FRI) / Dakson, 37'/2ºT (2 - 1) (VAS)

VASCO: Michel Alves; Nei, Luan, Renato Silva e Yotún (Elsinho - 0'/2ºT); Sandro Silva, Fellipe Bastos (Dakson - 36'/2ºT), Pedro Ken e Bernardo; Romário e Tenório (Thiaguinho - 16'/2ºT) - Técnico: Paulo Autuori.

FRIBURGUENSE: Adilson; Sergio Gomes, Cadão, Diego Guerra e Flavinho; Bidú, Marcelo, Lucas e Jorge Luiz (Tuffy - 15'/2ºT); Rômulo (Lohan - 40'/2ºT) e Ziquinha (Douglas - 13'/2ºT) - Técnico: Gerson Andreotti.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
publicidade