7 eventos ao vivo

Xavi tem divergências com comissão técnica da seleção espanhola

22 jun 2013
15h07
atualizado às 15h44

Um dos símbolos do jogo bonito espanhol, Xavi teve um certo desentendimento com a comissão técnica espanhola. Em entrevista ao "Diario de la Roja", o auxiliar técnico da Fúria, Toni Grande, afirmou que o fato aconteceu, mas tratou de deixar claro que tudo não passou de um diálogo para o benefício da equipe.

- É verdade que tivemos algumas divergências. Nos disse que interessava jogar com um ou com outro... Nunca foram imposições, e sim conversações para buscar um benefício. Ele acredita que esse benefício era melhor, mas não era nossa ideia - afirmou.

E MAIS:

Acabou a dupla? Ídolos, Torres e Villa perdem espaço na seleção

Manobra de ônibus da Espanha causa alvoroço em Fortaleza

Xavi, inclusive, foi consultado antes da convocação para a Copa das Confederações. Por ser um jogador de 33 anos, e depois de ter jogado a temporada de 2011/12, a Eurocopa e a temporada de 2012/13, o desgaste era grande. Porém, de acordo com Toni grande, o meia do Barcelona se colocou à disposição da seleção garantido que faria uma grande competição no Brasil.

O meia espanhol também tratou de sair em defesa de seu companheiro de equipe, o goleiro Casillas. Em entrevista ao jornal El Pais, Xavi fez duras críticas a José Mourinho pela forma com que tratou o capitão espanhol e do Real Madrid. E afirmou que o contato entre os capitães da Fúria foi muito grande nesta temporada.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
publicidade