PUBLICIDADE

Zé Roberto aconselha Wendell e elenca aprender língua como 'essencial'

27 fev 2014 19h53
Publicidade

O Bayer Leverkusen confirmou nesta quinta-feira a contratação do lateral-esquerdo Wendell, do Grêmio, até a metade de 2019. O garoto de 20 anos revelou que pediu conselhos sobre a transferência para Zé Roberto, que tem passagem pelo clube e longa carreira na Alemanha. O camisa 10 gremista afirmou que o mais importante é que o jovem tome aulas de alemão para aprender desde agora a se comunicar na língua que toma conta do vestiário.

Zé jogou entre 1998 e 2003 no Leverkusen, antes de se transferir para o Bayern de Munique, onde atuou até 2006 e depois entre 2007 e 2009. No Hamburgo, foram dois anos. Saiu em 2011, rumo ao Al-Gharafa. Por isso, é autoridade para falar aos mais jovens que gostariam de se transferir para a Europa, principalmente para a Alemanha.

- Eu falei que, para que ele não seja mais um brasileiro que bata e volte, ele tem que ir com o pensamento de ficar. Até porque potencial ele tem para isso. Pelo que sei, vai depois da Libertadores. E está próximo. Tem que aprender a língua, é essencial, até porque acho que não tem nenhum brasileiro lá. Já falei para ele que se precisar de alguma coisa eu posso dar algum toquezinho. Mas a língua é importante para ele neste momento - destacou o meia de 38 anos.

Uma comitiva que envolveu o ídolo alemão Rudi Voller esteve em Porto Alegre para observar Wendell no jogo com o Atlético Nacional (COL) e negociar com os dirigentes gremistas. Zé Roberto encontrou alguns antigos comandantes.

Wendell teve sua negociação anunciada de maneira oficial pelo clube alemão nesta quinta-feira, no site do Leverkusen. Ontem, o empresário Gian Petruzziello já havia antecipado que a negociação estava concretizada por sua conta no Twitter. O lateral-esquerdo permanece no Grêmio até o final da participação gremista na Libertadores.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
Publicidade