0

Corpo de ginasta morta em acidente de carro é velado esta segunda

17 set 2012
12h49

O velório da ginasta Eduarda Mello, que morreu em um acidente na BR-262, em Viana, na Grande Vitória, na manhã deste domingo, teve início às 8h desta segunda-feira em Vila Velha (ES).

Eduarda era filha de Monika Queiroz, que foi técnica da Seleção Brasileira de conjunto na ginástica rítmica nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, em 2007, e na Olimpíada de Pequim, em 2008. A ginasta era da equipe da Escola de Campeãs.

Natália Gaudio, de 19 anos, que também é ginasta, e foi bicampeã brasileira neste ano, estava no carro, mas sofreu apenas ferimentos leves. O motorista Luiz Felipe Moroewsky Costa, 20 anos, permanece internado no Hospital São Lucas, em Vitória, em estado grave.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), quando eles voltavam de uma casa noturna em Marechal Floriano, sudoeste do Espírito Santo, Luiz Felipe perdeu o controle do carro, que rodou na pista, caiu em uma ribanceira, capotou e bateu em uma árvore. A pista estava molhada, pois chovia na hora do acidente.

Ainda de acordo com a polícia, Eduarda estava no banco de trás sem cinto de segurança. O motorista, que também não usava cinto, não passou pelo teste do bafômetro, porque estava desacordado. No banco do carona, Natália era a única que usava cinto.

Eduarda Mello tinha 17 anos e era tida como uma promessa da ginástica brasileira
Eduarda Mello tinha 17 anos e era tida como uma promessa da ginástica brasileira
Foto: Futura Press
Fonte: Lancepress!

compartilhe

publicidade