0

Flávia Saraiva é ouro no solo e prata no salto no Ibirapuera

3 mai 2015
13h56
atualizado às 14h22
  • separator
  • comentários

Com apenas 1,33 m de altura e 15 anos, a ginasta Flávia Saraiva foi a grande surpresa do último dia de competições da quarta etapa da Copa do Mundo de Ginástica Artística, disputada em São Paulo. Neste domingo, Flávia faturou medalha de ouro na prova de solo feminino e prata na trave, aumentado para nove o número de medalhas conquistadas pelo Brasil diante da torcida, que lotou cerca de seis mil assentos do ginásio do Ibirapuera.

Em sua primeira apresentação, Flávia fez uma apresentação impecável no solo, abusando das piruetas e cravando os movimentos no tablado sem maiores problemas. Com a nota de 13.625, Flávia superou as adversárias e ocupou o lugar mais alto do pódio seguida pelas alemãs Elisabeth Seitz, que somou 13.400, e Leah Griesser, que teve a nota de 13.325.

Pequenina brasileira ficou no topo do pódio
Pequenina brasileira ficou no topo do pódio
Foto: Paulo Pinto / Fotos Públicas

Na prova da trave, seu ponto forte, Flávia presenteou a todos com uma atuação de gala. Em uma trave com apenas 10 cm de largura, a garota exibiu piruetas e saltos, além de mortais, para somar 15.100 e ficar com a segunda melhor nota da prova. A medalha de ouro na trave ficou com a chinesa Shunsong Shang, que assinalou 15.400 pontos. O bronze ficou com a alemã Sophie Scheder, que acumulou 14.000 pontos.

Disputando as provas entre os adultos, Flávia aumentou para nove o número de medalhas conquistadas pelos brasileiros nesta etapa da Copa do Mundo. Foram três ouros, quatro pratas e dois bronzes ao longo de quatro dias de competição. O resultado positivo aumenta ainda mais a expectativa dos ginastas para competirem na presença da torcida durante o Rio 2016 .

Brasileira durante sua apresentação no solo
Brasileira durante sua apresentação no solo
Foto: Paulo Pinto / Fotos Públicas
Experiente, Hypólito elogia promessa: "tem muito brilho"

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade