2 eventos ao vivo

Chateados com resultado, gremistas mostram-se contentes com atuação

20 jan 2011
00h42
atualizado às 01h47

O empate com o Ypiranga, por 1 a 1, trouxe chateação ao time reserva do Grêmio. Principalmente pelo modo como ocorreu, sofrendo gol aos 39min do segundo tempo. Apesar do resultado frustrante, os jogadores se mostraram contentes pela atuação dentro de campo.

Grêmio cedeu empate ao Ypiranga no fim do jogo
Grêmio cedeu empate ao Ypiranga no fim do jogo
Foto: Edson Castro / Futura Press

"Não queríamos esse resultado. Fizemos o gol e nos acomodamos um pouco. Eles pressionaram e uma hora a bola entrou. Foi um erro de atenção. Vamos corrigir isso. Muitos guris estrearam e estrearam bem. Mas o resultado não foi o que a gente queria", explicou o zagueiro Neuton.

Dos 14 jogadores que atuaram no Colosso da Lagoa, 11 são oriundos da base. Somente o zagueiro Vilson, e os atacantes Junior Viçosa e Diego Clementino não passaram pelas categorias inferiores do clube.

O volante Mateus Magro, por exemplo, realizou sua primeira partida pelo time profissional do clube tricolor. Por isso, o balanço final foi considerado positivo, apesar da contabilidade gremista ter somado somente um pontinho, deixando o time em quinto lugar no Grupo 2.

"Toda a equipe estava fazendo um grande jogo. É difícil, foi a primeira vez que a meninada joga junto. Fizemos um grande jogo. Para a estreia da meninada foi bom. Jogar no Interior é sempre difícil", opinou o goleiro Marcelo Grohe.

Os reservas do Grêmio entrarão em campo novamente contra o Canoas, no domingo. Antes disso, os titulares enfrentam o São José, na sexta-feira.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade