0

Desfalcado, Grêmio vacila e cede empate ao Lajeadense em estreia

15 jan 2011
18h51
atualizado às 19h40

Jogando no Estádio Olímpico, o Grêmio iniciou sua caminhada no Grupo 2 do Campeonato Gaúcho com um tropeço. A equipe gaúcha enfrentou o Lajeadense e empatou por 2 a 2, após abrir vantagem por 2 a 0. Os gols da partida desde sábado foram marcados por Rafael Marques e Jonas, enquanto Rangel e Ramos descontaram para os visitantes.

O Grêmio enfrentou importantes desfalques para o jogo deste sábado. O time de Renato Gaúcho não contou com o goleiro Victor, o lateral esquerdo Lúcio e o atacante Borges, todos fora por problemas físicos. O centroavante André Lima foi outra ausência, esta porque o jogador ainda não tem sua documentação regularizada.

Atual campeão, o Grêmio visita o Ypiranga no Colosso da Lagoa na próxima rodada do Estadual. A partida ocorre na próxima quarta-feira, às 22h.

O jogo

O Grêmio iniciou a partida com o domínio do jogo, mas sem dar trabalho ao goleiro Fernando. O time da casa usou as laterais para superar a marcação do Lajeadense, alçando bolas na área. A equipe tricolor passou a arriscar chutes de fora da área, como finalização de Adilson aos 15min defendida pelo goleiro em dois tempos.

Jonas enfrentava dificuldades para criar chances de gol, e finalizou com perigo aos 19min. O primeiro lance de gol do Lajeadense ocorreu aos 24min, quando Ramos arriscou chute da entrada da área e Marcelo Grohe fez defesa tranquila. Jonas respondeu bem aos 30min, ao tabelar com Junior Viçosa e chutar forte para ver Fernando espalmar.

A partida ganhou um ritmo mais animado, e Grohe evitou o gol do Lajeadense no minuto seguinte ao defender chute de Alex Goiano na entrada da área. O gol do Grêmio finalmente saiu aos 37min. Em cobrança de falta, Fábio Rochemback mandou bola na área e Rafael Marques desviou com precisão.

O jogo seguiu animado e, aos 44min, a torcida no Olímpico viu um golaço. Gabriel tocou para Jonas, recebeu de calcanhar e cruzou bola pela direita. Após passe de Júnior Viçosa, a bola sobrou para Jonas completar para o fundo das redes e iniciar a temporada como terminou 2010, estufando as redes.

Cedendo o empate

O Grêmio voltou do intervalo com o mesmo ritmo acelerado e ofensivo, testando a defesa adversária nos primeiros minutos. A bola parada com Fábio Rochemback foi uma arma usada, ainda que sem dar trabalho ao goleiro Fernando. O time da casa jogava com calma, trocando passes no meio de campo.

Apesar da superioridade, o Grêmio viu sua situação na partida ficar mais complicada. Aos 21min, Fábio Nunes deu grande passe a Rangel, que apenas tocou na saída de Marcelo Grohe para descontar no placar. O Lajeadense cresceu no jogo, e Ramos arriscou chute perigoso aos 23min.

Vendo sua equipe perder o controle da partida, Renato Gaúcho apostou na entrada de Bruno Collaço no lugar de Vilson, e o jogo ficou mais tranquilo. O Grêmio conseguiu estufar as redes aos 30min, em cabeçada de Rafael Marques, mas o lance foi corretamente invalidado pela arbitragem por impedimento.

O jogo parecia se encaminhar tranquilo para o time da casa, mas aos 39min saiu o empate do Lajeadense. Após escanteio, Ramos superou a defesa gremista e escorou para o fundo das redes. O Grêmio buscou o terceiro gol nos minutos finais, mas quem ficou mais perto de marcar foi o time visitante.

Grêmio 2 x 2 Lajeadense

Gols

Grêmio:
Rafael Marques, aos 37min, e Jonas, aos 44min do primeiro tempo
Lajeadense:
Rangel, aos 21min do segundo tempo, e Ramos, aos 39min

Grêmio: Marcelo Grohe; Gabriel, Paulão, Rafael Marques e Gilson; Vilson (Bruno Collaço), Adilson (Bergson), Fábio Rochemback e Douglas; Jonas e Júnior Viçosa (Diego Clementino). Técnico: Renato Gaúcho

Lajeadense: Fernando; Bindé, Linno, Tiago Saletti e Castiano (Bruninho); Rudiero, Willian (Fábio), Ramos e Alex Goiano (Fábio Nunes); Ronaldo Capixaba e Rangel. Técnico: Ben Hur Pereira

Cartões amarelos
Grêmio: Fábio Rochemback
Lajeadense: Ramos, Alex Goiano e Rangel

Árbitro
Roger Goulart (RS)

Local
Estádio Olímpico, Porto Alegre (RS)

Grêmio apenas empata na abertura do gaúcho 2011
Fonte: Terra
publicidade