Grêmio

Grêmio

publicidade
22 de outubro de 2012 • 10h34

Koff fala em três contratações para reforçar o Grêmio em 2013

Eleito presidente, Fábio Koff já pensa na equipe da próxima temporada
Foto: Wesley Santos / Gazeta Press
Cristiano Silva
Direito de Porto Alegre

Eleito como novo presidente do Grêmio para o biênio 2013-2014 o ex-presidente do Clube dos 13, Fábio Koff, espera receber o time classificado para a Libertadores da América do ano que vem. Com este pensamento o novo mandatário gremista promete um time forte para buscar o terceiro campeonato sul-americano. Nas conquistas das Libertadores de 83 e 95 Fábio Koff era o presidente do Grêmio.

» Baixe aplicativo e acompanhe seu time do coração
» Veja fotos e escolha a pior camisa alternativa dos times brasileiros
» Veja como eram os astros do futebol mundial na infância
» Com Ronaldinho, americanos listam 100 atletas mais feios da história

Durante a campanha eleitoral Fábio Koff anunciou que já tinha um jogador de ponta encaminhado para reforçar o Grêmio no próximo ano e que anunciaria o nome deste atleta após a eleição, em caso de derrota nas urnas o nome deste jogador seria repassado para o candidato vitorioso.

"Sobre este jogador, ele pediu sigilo por ainda estar vinculado a outro clube. Nós já conversamos com este atleta e ele nos deu prioridade no Brasil. Mas nós não precisamos de um jogador, mas sim de dois ou três jogadores e temos alguns contatos encaminhados. Vamos agora definir o departamento de futebol para voltar a conversar com estes jogadores. É possível fazer uma equipe com o orçamento previsto para o ano que vem. Para chegarmos bem na Libertadores", disse o novo presidente gremista Fábio Koff.

Em relação à comissão técnica o novo mandatário já definiu que existe somente um nome no momento para treinar o time tricolor. "Não temos alternativas para treinador, nós temos somente uma alternativa e ela é Vanderlei Luxemburgo. Nós vamos procurar o Luxemburgo para conversar e acertar a renovação de contrato para a próxima temporada", afirmou Fábio Koff.

O novo presidente gremista promete até o inicio do mês de novembro definir o nome dos dirigentes do departamento de futebol, que terá um diretor remunerado e dois assessores políticos, que não serão remunerados.

Cristiano Leonardo S. da Silva Jornalismo - Especial para o Terra