2 eventos ao vivo

Na espera do Milan, gremista diz: Ronaldinho quer voltar

22 dez 2010
18h18
atualizado às 18h23

Paulo Odone, presidente do Grêmio, anunciou nesta quarta-feira o acerto com Ronaldinho para ter a volta do meia ao clube em 2011. O dirigente falou à imprensa em Porto Alegre e comunicou que falta apenas a liberação junto ao Milan para que o craque retorne ao Estádio Olímpico.

"Da parte do Grêmio com o Ronaldinho, já está tudo acertado. O que falta agora é o Assis buscar junto ao clube italiano a liberação do jogador", disse Odone, segundo o site oficial do próprio Grêmio.

"O importante é que o Ronaldinho deseja voltar ao Grêmio onde é sua casa, onde ele surgiu para o futebol", acrescentou o dirigente.

A partir de agora, o Grêmio depende de Assis, irmão e empresário de Ronaldinho, que tentará chegar a um acordo com o Milan. O salário do astro seria de R$ 300 mil, e seria bancado principalmente pela publicidade e pelas ações de marketing envolvendo sua imagem.

Paulo Odone assegura que ter acerto com Ronaldinho; agora, depende de liberação na Itália
Paulo Odone assegura que ter acerto com Ronaldinho; agora, depende de liberação na Itália
Foto: Reuters
Fonte: Terra
publicidade