0

Renato Gaúcho aponta cansaço como rival no tropeço do Grêmio

15 jan 2011
20h15
atualizado às 23h17

Após abrir 2 a 0 de vantagem, o Grêmio foi prejudicado pelo cansaço e viu o Lajeadense chegar ao empate, na estreia pelo Campeonato Gaúcho. A análise é do técnico Renato Gaúcho, que ainda assim cobrou mais atenção dos defensores tricolores.

Renato culpa forte calor por empate gremista

"Poderíamos ter marcado o terceiro, mas infelizmente sofremos o empate. Chegou uma hora que o cansaço atrapalhou, a partir de um certo momento as pernas passaram a não responder. Início de temporada é uma covardia com os jogadores. Se você acelera a preparação, estoura. Se não acelera, não corre", declarou o treinador, no vestiário do Estádio Olímpico.

"Falhamos duas vezes e tomamos os dois gols. Falei para os jogadores que o resultado era perigoso, é preciso ter atenção, mesmo cansados. Tínhamos uma boa vantagem, mas de repente nos preocupamos mais em marcar o terceiro gol do que com a defesa", acrescentou.

Para insatisfação de Renato, o clube tricolor terá pouco tempo de descanso antes de sua segunda exibição no Gaúcho. A equipe já tem jogo marcado para a próxima quarta-feira, contra o Ypiranga, em Erechim. O time deve ser composto apenas por reservas.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade