1 evento ao vivo

Sem espaço, M. Moreno vira moeda de troca e deve sair do Grêmio

1 abr 2013
07h20
atualizado às 08h48
  • separator
  • 0
  • comentários

Fora dos planos do técnico Vanderlei Luxemburgo, o atacante Marcelo Moreno virou moeda de troca no Grêmio.

<p>Marcelo Moreno custou caro para o Grêmio</p>
Marcelo Moreno custou caro para o Grêmio
Foto: Itamar Aguiar/Grêmio FBPA / Divulgação

A direção tricolor tenta nos próximos dias se desfazer do centroavante boliviano ou emprestando, ou trocando por outro atleta ou negociando em definitivo aquela que foi a contratação mais cara da temporada de 2012, com o Grêmio pagando ao Shakthar Donetsk 6 milhões de euros por 70% dos direitos econômicos.

A situação do atleta no clube ficou insustentável após o seu pai, Mauro Martins, cobrar publicamente da direção e do técnico Vanderlei Luxemburgo a reserva de Marcelo Moreno após a contratação do centroavante Barcos. Mauro Martins chegou a declarar que o Grêmio era um timinho até a chegada de Marcelo Moreno e que o seu filho era muito melhor que o reforço argentino.

“Nós estamos trabalhando para que o Marcelo Moreno tenha a sua questão bem encaminhada. Ele é patrimônio do clube, um jogador que tem que ser protagonista e hoje ele não é protagonista no Grêmio porque nós temos outros jogadores para ocupar este espaço. Nós tivemos vários episódios em que as discussões em relação ao Moreno foram feitas publicamente de forma unilateral e eu sempre tive a preocupação de preservar esta situação”, destacou Rui Costa, executivo de futebol do Grêmio.

Hoje Moreno não figura nem como alternativa do time reserva. No empate por 1 a 1 contra o Passo Fundo, no último domingo, em queLuxemburgo escalou um time misto, Marcelo Moreno não foi nem relacionado para o jogo.

O atacante já despertou interesse de alguns clubes no Brasil, entre eles o Cruzeiro, onde já atuou e deixou uma boa imagem, do Botafogo, do Flamengo e do Palmeiras, porém o alto salário que recebe no Grêmio acaba assustando os times que desejam contar com o seu futebol.

Recentemente Moreno deu uma entrevista para a imprensa boliviana na qual disse que pretende definir o seu futuro até o mês de junho e que se for para sair do Grêmio tem que ser para o mercado do exterior. O contrato dele com os gaúchos vai até 2015.

Fonte: Cristiano Leonardo S. da Silva Jornalismo - Especial para o Terra Cristiano Leonardo S. da Silva Jornalismo - Especial para o Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade