0

Baixo rendimento ofensivo do Guarani preocupa Piza

21 ago 2014
13h10
  • separator
  • comentários

O técnico Evaristo Piza está preocupado com o baixo rendimento ofensivo do Guarani, que tem o terceiro pior ataque entre todos os integrantes da Série C do Campeonato Brasileiro. Após o treinamento da última quarta-feira, o comandante cobrou um melhor desempenho de seus homens de frente.

<p>Guarani vem desperdiçando diversas chances de gols nos últimos jogos</p>
Guarani vem desperdiçando diversas chances de gols nos últimos jogos
Foto: Israel Oliveira/Guarani FC / Divulgação

Piza deu prioridade aos trabalhos de finalização e não gostou do que viu. Os goleiros levaram a melhor sobre os atacantes e muitas bolas sequer tiveram a direção do gol. O Guarani não sabe o que é balançar as redes adversárias há duas rodadas - a última vez que isso aconteceu foi no empate com o Tupi, por 1 a 1, no dia 3 de agosto.

"A eficiência precisa ser maior. Era situação de jogo simples, clara, o atacante e o goleiro. Mas tivemos um nível de aproveitamento muito abaixo. A fase não está boa. Então temos melhorar, se doar mais. As situações estão sendo criadas, mas não traduzidas em gols. Internamente, os jogadores têm se cobrado. É uma busca diária para aumentar o nível de concentração", cobrou Evaristo Piza.

Apesar do péssimo rendimento ofensivo, o treinador deu a entender na atividade da última quarta-feira que não vai mudar o ataque. Sem marcar gols há três meses e criticado por parte da torcida, Silas segue mantido. Elogiado pelo treinador no empate com o Madureira, o colombiano Obregón ainda não vai começar jogando, assim como o recém-contratado Caio Dantas, que fica no banco de reservas.

A delegação bugrina embarcou para o Rio de Janeiro na manhã desta quinta-feira e, no período da tarde, Evaristo Piza comanda um treinamento quando deve praticamente definir o time que vai mandar a campo no sábado. A partida, válida pela 12ª rodada, está marcada para as 18h30 e será realizada no Moacyrzão.

Sem vencer há cinco jogos - quatro empates e uma derrota -, o Guarani tem apenas 12 pontos e ocupa a oitava colocação do Grupo B, correndo risco de ir para a zona de rebaixamento em caso de uma derrota.

Fonte: Terra
  • separator
  • comentários
publicidade