inclusão de arquivo javascript

Esportes

 
 

Não foi fácil me casar virgem, diz Kaká

05 de junho de 2007 14h30 atualizado em 07 de junho de 2007 às 12h36

Kaká está com a Seleção na Alemanha. Foto: AP

Kaká está com a Seleção na Alemanha
Foto: AP

Em entrevista à publicação Vanity Fair, Kaká, meia do Milan e da Seleção Brasileira, admitiu detalhes de sua intimidade com a mulher Caroline.

» Elano tem saudades dos bons momentos no Santos
» Diego aguarda Copa América com ansiedade
» Robinho quer reeditar trio
» Para Dunga, Copa América não perdeu prestígio

O atleta confessou a dificuldade de se casar sem nunca ter tido uma relação sexual. "Sou um jovem normal e não foi fácil chegar ao casamento sem nunca ter estado com uma mulher", disse. "Com Caroline, nos beijávamos e o desejo existia, mas sempre soubemos parar", completou.

Kaká explicou o motivo que os levaram à escolha pela virgindade até o matrimônio. "A Bíblia ensina que o verdadeiro amor se alcança apenas com o casamento, com a troca de sangue, o que a mulher perde com a virgindade", afirmou. "Para nós, a primeira noite foi belíssima", completou o jogador, famoso por sua fé na religião cristã.

O meia disse ainda que, ao lado de sua atual mulher, fez muitos sacrifícios no passado. "Entre nós, quando ela ainda estava no Brasil, havia um pacto: podíamos sair com os amigos, mas, à meia-noite, voltávamos para casa e nos ligávamos".

EFE
EFE - Agência EFE - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da Agência EFE S/A.