inclusão de arquivo javascript

Esportes

 
 

Morre Pedro Basílio, ídolo do Fortaleza

21 de novembro de 2007 14h58

Pedro Basílio, um dos maiores ídolos do Fortaleza, morreu na manhã desta quarta-feira. O ex-jogador tinha problemas com alcoolismo e estava na fila por um transplante de fígado, mas sua morte foi natural.

A diretoria do clube, através do presidente da executiva, Marcello Desidério, decretou luto oficial de três dias pela morte do ex-atleta. O velório será realizado na tarde desta quarta-feira, na sede do Fortaleza, no Pici, e o sepultamento será logo depois no Cemitério Parque da Paz.

Jojgador técnico invejável, o zagueiro também marcou época no futebol cearense. Em 2003 foi eleito o melhor jogador que já atuou no estádio Castelão em todos os tempos.

Natural de Crateús, Pedro Basílio iniciou a carreira como amador em um time da sua cidade, mas aos 18 anos, após fazer um amistoso contra o Fortaleza, foi contratado imediatamente pelo time tricolor. O ex-jogador conseguiu 14 conquistas, entre elas o vice-campeonato brasileiro pelo Fortaleza, em 1969.

Além do Fortaleza, Pedro brilhou com a camisa do Internacional, Botafogo, Sport e Ceará, onde conquistou cinco títulos. No Pici, porém, as glórias foram maiores e Pedro marcou época, conquistado o campeonato estadual em 1973, 1974, 1982, 1983, 1985 e 1987.

Em todos os tempos, o zagueiro foi o maior vencedor do Campeonato Cearense.

Em 1992, Pedro Basílio teve uma experiência como treinador, vencendo o primeiro turno do Campeonato Cearense pelo Fortaleza e ajudando a colocar o clube na primeira divisão.

Lancepress!