inclusão de arquivo javascript

Esportes

 
 

Coritiba pode ter técnico interino no Paranaense

11 de dezembro de 2008 20h40

O Coritiba ainda está em busca de um substituto para Dorival Júnior, que deixou a equipe ao final do Campeonato Brasileiro. Ano do centenário, 2009 será uma temporada especial para o clube e, por isso, a diretoria não tem pressa em encontrar o novo comandante.

» Confira o mercado do futebol
» Veja as últimas do Coritiba

Se o Coritiba não conseguir contratar treinador antes do início da pré-temporada e do Campeonato Paranaense, o time pode será comandado interinamente por Edson Borges. O Coritiba estréia no Estadual dia 25 de janeiro, frente ao Iraty.

A mesma medida foi usada pelo Coritiba neste ano, quando Borges ficou no comando da equipe ata chegada de Dorival Júnior.

Mas a diretoria tem trabalhado constantemente em busca de suprir a lacuna no comando técnico. No entanto, vários nomes sondados e contatados pelo Coritiba não deram certo. A lista começou com Ney Franco, Vagner Mancini e Adilson Batista. Porém, todos renovaram com Botafogo, Vitória e Cruzeiro, respectivamente.

Depois das renovações dos pretendidos, o Coritiba passou para Ivo Wortmann (Juventude) e Renê Simões (Fluminense) e também receberam respostas negativas, já que ambos têm pretensões de continuar em seus atuais clubes.

Simões até deu sinais de que poderia aceitar o convite. Mas o pedido salarial de R$ 300 mil afastou qualquer possibilidade de contratação.

Especial para Terra