inclusão de arquivo javascript

Esportes

 
 

Toro Rosso vai ser equipe independente

09 de novembro de 2009 12h38 atualizado às 12h53

A Toro Rosso tem uma chance de crescer. É isso o que Franz Tost, chefe da equipe pensa com as mudanças para 2010, em que seu time não dependerá mais da Red Bull e vai fabricar seu próprio carro. Mas ele acredita também que a transição pode ser demorada.

"Temos que desenvolver nosso carro sozinhos e melhorar a infra-estrutura. Isso levará algum tempo. Temos que aguardar e ver. Espero que a experiência de nossos designers seja boa o suficiente para que possam fazer um bom trabalho. Tenho esperanças de que nós, como uma equipe pequena, possamos levar nosso carro à pista e conquistar bons resultados", disse à Autosport.

O acordo entre Toro Rosso e Red Bull para que a equipe aproveite a engenharia fornecida pelo time austríaco, as adversárias acreditam que isso vai contra os padrões estipulados pela FIA, e cada um deve fazer seu próprio carro.

Então a equipe conseguiu uma dispensa e vai ser uma construtora independente em 2010.

"O regulamento nos força a desenhar um carro totalmente novo porque sabemos que não haverá mudanças durante as corridas na próxima temporada. Isto significa que o tanque de combustível será maior, o que mudará nosso design. Teremos uma nova base, com distribuição de peso diferente, o que nos força a conceber um carro novo", encerrou.

Lancepress!