inclusão de arquivo javascript

Esportes

 
 

Benítez faz 2 e coloca Estudiantes na final do Mundial

15 de dezembro de 2009 15h55 atualizado às 16h54

Atacante brilha, coloca argentinos na final e elimina sul-coreanos. Foto: AP

Atacante brilha, coloca argentinos na final e elimina sul-coreanos
Foto: AP

Na primeira participação do Estudiantes no Mundial de Clubes da Fifa de 2009, brilhou a estrela do atacante Leandro Benítez, ao marcar duas vezes e classificar o time argentino para a decisão do torneio, contra o vencedor de Atlante (MEX) x Barcelona (ESP). Nesta terça-feira, no Estádio Mohammad Bin Zayed, em Abu Dhabi, o artilheiro garantiu a vitória por 2 a 1 sobre os sul-coreanos do Pohang Steelers, que esperam o perdedor da outra semifinal na disputa pelo terceiro lugar.

» Confira fotos da semifinal
Estudiantes x Pohang Steelers

» Veja a tabela do Mundial
» Comente a classificação do Estudiantes nos Emirados

Enquanto o camisa 23 foi o nome do jogo, do lado derrotado o principal destaque novamente foi o brasileiro Denilson, que já havia marcado duas vezes na estreia contra o Mazembe, do Congo. Na semifinal disputada nos Emirados Árabes, o camisa 10 também foi às redes e logo em seguida teve que assumir a função de goleiro pelas três expulsões de jogadores do time sul-coreano, entre eles o arqueiro Shin Hwa Yong.

Agora, o atual campeão da Libertadores da América e carrasco do Cruzeiro na decisão aguarda a definição do seu adversário, que só será conhecido nesta quarta-feira. A final está marcada para o próximo sábado, às 14h (de Brasília), três horas depois da disputa pelo terceiro lugar.

Os argentinos começaram a partida imprimindo um ritmo muito forte e pressionando o Pohang Steelers, que só conseguia parar o ímpeto adversário com faltas. No entanto, só conseguiu abrir o placar no último lance da primeira etapa. Em falta inicialmente despretensiosa na direita, Benítez partiu para a cobrança e alçou a bola na área com força. Em posição duvidosa, Boselli tentou desviar a bola de cabeça, mas não conseguiu, e a bola surpreendeu o goleiro Hwa Yong ao entrar direto.

Se demorou muito para abrir o placar na primeira etapa, o Estudiantes se apressou para anotar seu segundo tempo. Logo aos 8min, os argentinos encaixaram um contra-ataque em velocidade, Verón recebeu na direita e lançou Pérez, e o meia dividiu com o goleiro Hwa Yong e tentou bater por cobertura. No entanto, a bola ia para fora quando Benítez mostrou oportunismo e tocou cruzado, e ainda viu a bola bater na trave antes de entrar.

Se o panorama já estava positivo para o time de La Plata, o jogo ficou ainda melhor para os argentinos, pois Jae Wong entrou duro em Pérez e recebeu o segundo cartão amarelo, deixando o Pohang Steelers com dez homens em campo. No entanto, o brasileiro Denílson tratou de dificultar as coisas para o Estudiantes, e aos 26min descontou para o Pohang. Após cobrança de falta, a defesa afastou mal e Jung tocou para Denílson, totalmente impedido, chutar e fazer o gol dos Steelers.

No entanto, Jae Sung voltou a simplificar as coisas para o Estudiantes, e no lance seguinte ao gol acertou um chute na coxa de Verón, recebendo também o vermelho. E a coisa ficou realmente feia para o Pohang quando o goleiro Hwa Yong tentou cortar um lançamento de Benítez para Pérez, e saiu dando uma voadora no argentino, recebendo o cartão vermelho direto. Como o time coreano já havia feito as três alterações, o brasileiro Denílson, autor do gol e principal atleta dos Steelers, vestiu as luvas e foi para o gol.

O atacante brasileiro ainda fez duas defesas razoáveis antes do apito final, mas foi incapaz de evitar a derrota de seu time.

Com informações da Gazeta Press

Redação Terra