Internacional

Foto: terra

Agente vê Oscar perto do Chelsea; jornal diz que negócio foi fechado

atualizado em 10/7/2012 às 09h51
  • separator
  •  
  • comentários
Cristiano Silva
Direto de Porto Alegre

A direção do Internacional está muito próxima de anunciar a venda do meio-campista Oscar para o futebol inglês. Chelsea e Tottenham fizeram propostas pelo meio-campista, que está servindo a Seleção Brasileira nos Jogos Olímpicos de Londres. Segundo um dos agentes do jogador, as propostas são muito semelhantes, mas os atuais campeões europeus levam vantagem.

» Confira o vai e vem dos clubes no Mercado da Bola
» Veja o guia e saiba tudo sobre os times do Brasileiro 2012

"O Chesea fez uma proposta de 25 milhões de euros (cerca de R$ 62,5 milhões). Está faltando um acordo entre os clubes e isto deverá ocorrer nos próximos dias. No próximo dia 25 o Giuliano Bertolucci (agente direto de Oscar) deverá viajar à Inglaterra definir os últimos detalhes. O Tottenham também fez uma proposta semelhante, mas acredito que o Oscar deva aceitar a proposta do Chelsea por ter uma maior projeção", destacou Carlos Meinberg Neto, um dos agentes de Oscar e parceiro de Giuliano Bertolucci.

Por uma questão estratégica, o Inter ainda não está admitindo a negociação publicamente, mas na última sexta o presidente Giovanni Luigi se reuniu em São Paulo com o empresário do meia e mais um representante do Chelsea para iniciar a negociação.

Nesta reunião foi perguntado quanto o Inter quer receber para vender Oscar e o mandatário da equipe colorada respondeu que deseja 25 milhões de euros, valor que foi aceito pelo Chelsea.

Na chegada à concentração brasileira, no Rio de Janeiro, Oscar desconversou sobre a possibilidade de jogar fora do Brasil e disse rapidamente, antes de subir para o seu quarto, que pretendia ficar no Inter.

Ingleses confirmam acerto com Chelsea
Segundo informação do jornal inglês Daily Mail , Oscar, 20 anos, custará aos cofres do Chelsea 25 milhões de libras (cerca de R$ 78 milhões), 12 milhões a mais do que o afirmado por Meinberg Neto.

Descrito como "garoto maravilha" pelo diário, Oscar faz parte da renovação que o Chelsea quer no elenco. Mesmo com a conquista da Liga dos Campeões e da Copa da Inglaterra na última temporada, o clube perdeu os atacantes marfinenses Salomon Kalou e Didier Drogba. Nomes lendários da equipe ainda fazem parte do time titular, como o zagueiro John Terry - 31 anos - e Frank Lampard - 34 anos.

Para repor as saídas dos ídolos, o russo Roman Abramovich ignorou a crise europeia e contratou os meias-atacantes Eden Hazard e Marko Marin. Os londrinos pagaram cerca de R$ 110 milhões ao Lille e venceram a disputa pelo belga, provável rival de Oscar pela vaga de titular, e R$ 27 milhões ao Werder Bremen por Marin.

Oscar será o quarto brasileiro do elenco comandado pelo técnico Roberto Di Matteo. O zagueiro David Luiz, o volante Ramires e o meia Lucas Piazon serão companheiros de Oscar no Stamford Bridge. Campeão europeu, o Chelsea pode cruzar com o Corinthians se os dois times avançaram à final do Mundial de Clubes, em dezembro, no Japão.

Depois de sair em litígio do São Paulo, Oscar acertou com o Internacional em 2010. No Beira-Rio, conquistou dois títulos gaúchos (2011 e 2012) e uma Recopa Sul-Americana (2011). Neste ano, ganhou espaço na Seleção Brasileira principal e se apresenta ao técnico Mano Menezes como esperança, ao lado de Neymar, para a inédita medalha de ouro do País no futebol.

Depois de muitas disputas judiciais, o São Paulo recuperou os direitos de Oscar. Para ficar com o jogador, o clube colorado comprou 50% dos direitos econômicos do atleta em maio por R$ 15 milhões. Assim, o Inter deve lucrar entre R$ 15 e 24 milhões em menos de dois meses com o jogador da Seleção.

Ainda sem confirmar a negociação, o Inter procura substituto. Companheiro de Oscar nos Jogos Olímpicos de Londres, Paulo Henrique Ganso negocia com a equipe gaúcha. O jogador não aceitou proposta de renovação do Santos e tem 55% dos direitos econômicos pertencentes ao Grupo Dis, parceiro colorado.

Com informações de Fábio de Mello Castanho.

Internacional ainda não confirmou a venda de Oscar ao Chelsea
Internacional ainda não confirmou a venda de Oscar ao Chelsea
Foto: Ricardo Matsukawa / Terra
Cristiano Leonardo S. da Silva Jornalismo - Especial para o Terra

compartilhe

publicidade
publicidade