0

Aguirre não vê problema no fato de Anderson ter cobrado pênalti no Inter

12 fev 2015
13h00

O batedor oficial de pênaltis do Internacional é D’Alessandro. Mesmo que tenha errado sua cobrança na decisão da Recopa Gaúcha, contra o Lajeadense, o argentino tem aproveitamento altíssimo no fundamento. Porém, diante do Cruzeiro-RS, foi o estreante Anderson quem pediu para cobrar. O ex-jogador do Manchester United errou, e a defesa de Bruno Grassi custou ao Inter a vitória sobre o Cruzeiro-RS em Gravataí.

O técnico Diego Aguirre não viu problema no fato de ter sido Anderson, e não D’Ale, quem efetuou a cobrança: "decidiram que ele ia bater. Quem se sente bem, quem pensa que vai marcar, pega e bate o pênalti. O Anderson bate muito bem na bola, já cobrou pênaltis na carreira no mundo todo. É normal que, com sua qualidade, vá bater o pênalti", disse o uruguaio. Anderson chegou a bater, e acertar, uma cobrança na decisão por pênaltis que deu ao Manchester United o título europeu de 2008, diante do Chelsea.

Aguirre não vê problemas no fato de o seu time titular não ter vencido nenhum jogo até agora no Gauchão. Em três confrontos, foram três empates: "estou tranquilo com o dia a dia, como os jogadores estão trabalhando. O Inter tem jogadores de qualidade. Os momentos difíceis vão aparecer, é normal. Temos jogadores que ainda estão recuperando a forma física", minimizou o comandante rubro.

Sábado, diante do Caxias, Anderson deve começar como titular, assim como o zagueiro Réver. O restante da equipe deve ser composto de reservas, pois na terça a equipe estreia na Libertadores, em La Paz, diante do Strongest.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade