9 eventos ao vivo

Diretoria Colorada elogia trabalho de Celso Roth

6 ago 2010
00h44
atualizado às 01h51

Mesmo com a derrota para o São Paulo, nesta quinta-feira, no Morumbi, o Internacional se classificou para a final da Libertadores (que será disputada contra o Chivas, do México). Mais um grande feito do técnico Celso Roth à frente da equipe gaúcha.

A decisão da diretoria em demitir o antigo treinador, Jorge Fossati, e contratar Roth, durante a pausa para a Copa do Mundo, é considerada uma das razões pela evolução do rendimento do Internacional, tanto na Libertadores como no Campeonato Brasileiro.

"Houveram 40 dias pra trabalhar. Não gostamos de alterar a comissão técnica muito em cima. Houve tempo, nós pensamos na mudança, foi planejado e deu tudo certo", comentou o vice de futebol, Fernando Carvalho, que já pensa na decisão contra o Chivas, do México.

"Nesse tipo de jogo não há favorito. Eles foram contra o Universidad (CHI), com todos achando que já estariam eliminados, e ganharam. Vai ser uma decisão de dois times grandes", concluiu.

Jogadores do Inter comemoram a classificação no Estádio do Morumbi
Jogadores do Inter comemoram a classificação no Estádio do Morumbi
Foto: Ricardo Matsukawa / Terra
Fonte: Lancepress!
publicidade