2 eventos ao vivo

Fernandão é demitido do comando técnico do Internacional

20 nov 2012
09h45

Menos de 24 horas após anunciar que Fernandão permaneceria no comando técnico do Internacional até o final deste Campeonato Brasileiro, a diretoria do clube gaúcho voltou atrás e demitiu o treinador na manhã desta terça-feira. O presidente Giovanni Luigi, pressionado por conselheiros, comunicou o comandante de sua saída. Nos bastidores, o Colorado teme sofrer uma goleada no Gre-Nal do próximo dia 2 de dezembro, pela última rodada, no último jogo da história do Estádio Olímpico.

Fernandão deixa o Inter após uma troca de farpas pública com o zagueiro Bolívar, que, segundo o técnico, teria se recusado a ficar no banco de reservas na partida contra o Corinthians - fato negado pelo jogador. Ambos acabaram punidos após o episódio: Bolívar treina afastado do elenco até achar um outro clube para atuar, e Fernandão acabou perdendo o cargo de treinador.

Em 26 jogos, Fernandão conquistou nove vitórias, oito empates e nove derrotas, aproveitamento de apenas 44,9% dos pontos. Ídolo da torcida colorada por ser o capitão do título mundial de 2006, como técnico seu desempenho não foi o dos melhores. Fernandão substituiu Dorival Júnior, que deixou o time na sexta colocação do Brasileirão, na décima rodada, e o deixa em oitavo, com 51 tentos e fora da briga por uma vaga na Copa Libertadores da América.

O interino Osmar Loss deve ser o comandante do Internacional nas partidas contra Portuguesa e Grêmio, que fecham a participação do time do Beira-Rio na temporada 2012. O nome do técnico colorado para 2013 ainda não está definido. Dunga, ex-Seleção Brasileira, é um dos nomes mais cotados para assumir o cargo.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

publicidade