1 evento ao vivo

Inter lamenta chances desperdiçadas no empate contra o Cruzeiro-RS

12 fev 2015
02h11

Se contra o São José o Internacional marcou quatro gols, mas não venceu porque sofreu outros quatro, diante do Cruzeiro-RS o problema foi ofensivo. O Colorado exerceu forte pressão em seu adversário, especialmente no segundo tempo, mas não conseguiu sair do 0 a 0. Até pênalti a equipe de Diego Aguirre perdeu - o estreante Anderson cobrou mal, e o goleiro Bruno Grassi, principal personagem da noite nesta quarta-feira, defendeu.

"O time foi bem, mas não fizemos o gol. Isso não pode acontecer", resumiu o lateral direito Léo. "Nossa grande dificuldade foi entrar na área e fazer o gol. Tivemos a chance no pênalti e perdemos. Temos que buscar uma sequência de vitórias para o time ganhar confiança", explicou o zagueiro Alan Costa. Neste Gauchão, o time titular do Inter empatou os três jogos que disputou. A única vitória foi dos reservas, sobre o Novo Hamburgo.

Apesar do mau aproveitamento de 33,3% da equipe principal até agora no Estadual, o goleiro Muriel vê o Inter evoluindo: "a gente vem buscando melhorar a cada jogo. O time já atingiu um equilíbrio melhor entre atuar ofensivamente e defensivamente. Hoje (quarta), merecíamos a vitória, tivemos chances. Vamos passo a passo, sem nos acomodarmos, que atingiremos nossos objetivos", projetou.

No sábado, diante do Caxias, o time suplente é que deve ir a campo no Estádio Centenário. Tudo porque terça a equipe estreia na Libertadores, na altitude de La Paz, contra o Strongest. O empate com o Cruzeiro-RS deixa o Inter na sexta colocação do Gauchão, com seis pontos.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade