7 eventos ao vivo

Mexicanos jogam a toalha e veem Chivas "nervoso e longe de título"

12 ago 2010
08h12

O sentimento exposto pelos jornais mexicanos um dia após a vitória do Internacional sobre o Chivas, por 2 a 1, é um só: frustração. Os principais periódicos do país lamentaram que o time de Guadalajara não tenha mantido a vantagem conquistada no primeiro tempo da Copa Libertadores da América. Agora, todos veem o título mais distante.

De acordo com o Informador, o Chivas pecou por estar "nervoso" em campo. Para o jornal, o time mexicano "não soube manejar a partida e controlá-la depois de abrir o placar". O gol do Chivas foi de Bautista, no final do primeiro tempo. Giuliano e Bolívar viraram o jogo na etapa final.

Para o El Tren, o Chivas precisará "remar contra a corrente" se quiser deixar o Beira-Rio, na próxima quarta-feira, com o título continental. Para o jornal, o time local se complicou e ficou "mais longe do título da Libertadores".

O jornal esportivo Ve Futbol também lamenta a derrota do Chivas na primeira partida da decisão. Para eles, o tropeço aumenta o "eterno calvário" dos mexicanos em finais de Libertadores - o Cruz Azul, em 2001, perdeu para o Boca Juniors. Sobre reverter a vantagem, o periódico considera a missão "praticamente impossível".

Liderados por Wilson Mathias e Bolívar, jogadores do Inter aplaudem torcida após triunfo em Guadalajara
Liderados por Wilson Mathias e Bolívar, jogadores do Inter aplaudem torcida após triunfo em Guadalajara
Foto: AFP
Fonte: Terra
publicidade