0

Godín assume braçadeira de Lugano e vira novo herói uruguaio

24 jun 2014
14h56
atualizado às 15h10
  • separator
  • 0
  • comentários

Camisa 3 da seleção celeste, o zagueiro Diego Godín vive uma temporada dos sonhos. O jogador, 28 anos, fez o gol da vitória por 1 a 0 contra a Itália, aos 35 min do segundo tempo, na Arena das Dunas, em Natal, e classificou a equipe para as oitavas de final da Copa do Mundo de 2014.

Zagueiro anotou o gol que classificou a seleção celeste às oitavas de final da Copa do Mundo
Zagueiro anotou o gol que classificou a seleção celeste às oitavas de final da Copa do Mundo
Foto: AFP

Quer acompanhar as notícias e jogos da sua seleção? Baixe nosso app. #TerraFutebol

Parceiro de Diego Lugano, Godín assumiu a braçadeira de capitão após a lesão do ex-são-paulino e espera repetir no Brasil a excelente campanha de quatro anos atrás, na África do Sul, quando os bicampeões de 1930 e 50 chegaram à semifinal.

O jogo estava truncado e o Uruguai tinha dificuldades para furar a retranca italiana, apesar de o rival ter perdido, ainda no início do segundo tempo, Marchisio, por cartão vermelho. A dupla Cavani e Luis Suárez sofria também para superar, além dos defensores da Itália, as ótimas defesas do experiente goleiro Gianluigi Buffon.

Até que, em uma batida de escanteio de Gaston Ramirez, Godín repetiu os gols que o tornaram um mito nesta temporada no Atlético de Madrid. O jogador de 1,85 m superou os italianos pelo alto e de ombro colocou a bola para dentro da rede.

Após a partida, todos os jogadores uruguaios se abraçaram e foram ao encontro do zagueiro. Em segundo no Grupo D, a equipe celeste deverá enfrentar a Colômbia nas oitavas de final.

Nascido em Rosario, no Uruguai, Godín foi revelado pelo Cerro-URU e jogou uma temporada pelo Nacional em 2006/07 antes de ir para o Villarreal, da Espanha. No país europeu, destacou-se e está desde 2010 com a camisa do Atlético de Madrid.

Pelo clube da capital, Godín fez o gol do título do Campeonato Espanhol, em pleno Camp Nou, contra o Barcelona, em uma bola parada. O zagueiro também havia marcado na final da Liga dos Campeões contra o Real Madrid em uma jogada parecida, mas desta vez o rival de Madrid empatou no fim e goleou na prorrogação.

Veja os gols em 3D da Copa Veja os gols em 3D da Copa

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade