PUBLICIDADE

Ainda em Vancouver, patinadores listam grandes emoções dos Jogos

28 fev 2010 14h03
Publicidade
Mariana Lanza
Direto de Vancouver

Os Jogos Olímpicos de Inverno ainda não acabaram, porém os patinadores artísticos já conseguem listar os momentos mais marcantes do evento. Medalha de bronze na dança no gelo em pares, o americano Charlie White ressaltou o pódio e, principalmente, a satisfação com seu desempenho na pista do Pacific Coliseum.

Patinadora leva tombo e deixa pista aos prantos; veja:

"O melhor dos Jogos para mim foi patinar bem nas três programações (dança obrigatória, dança original e dança livre). Aqui tive a chance de dar o meu melhor", disse.

Depois de concordar com White, Meryl Davis falou também sobre a experiência vivida na cerimônia de abertura da Olimpíada. "Andar pela arena me fez ter a magnitude dos Jogos. Esta é nossa primeira participação em Olimpíada, então, tive um sentimento realmente incrível", afirmou a parceira do atleta.

Já para a sul-coreana Yu-Na Kim, o momento em que subiu no ponto mais alto do pódio, na categoria de patinação artística individual, ficará fresquinho em sua memória por muito tempo. "Talvez eu tenha sentido minha maior emoção no pódio, cantando o hino nacional do meu país e vendo os meus fãs", afirmou a patinadora.

Depois de quebrar o recorde mundial da prova, com uma pontuação somada de 228.56, a campeã olímpica só quer saber de descansar. "Acho que é muito cedo para pensar na próxima Olimpíada (em Sochi, na Rússia), porque acabei minha participação em Vancouver há poucos dias. Por enquanto, eu só quero curtir esse momento".

Enquanto isso, o americano Charlie White visa o Mundial de Patinação Artística, que ocorrerá entre 22 e 28 de março em Turim, na Itália. "Agora é só pensar no Mundial de Turim, que chegará em breve. Espero me concentrar nisso".

Jogos Olímpicos de Inverno no Terra

O Terra transmite ao vivo a competição em 15 canais simultâneos de vídeo. Além disso, os usuários têm a possibilidade de assistir novamente a todo o conteúdo a qualquer momento. Todo o acesso é gratuito.

Uma equipe de 60 profissionais está encarregada de fazer a cobertura direto de Vancouver e dos estúdios do Terra, em São Paulo, no Brasil, com as últimas notícias, fotos, curiosidades, resultados e bastidores da competição.

A equipe conta com a participação do repórter especialista em esportes radicais Formiga - com 20 anos de experiência em modalidades de neve -, e o pentacampeão mundial de skate Sandro Dias, que comenta a competição em seu blog no Terra.

No celular
wap: wap.terra.com.br
Iphone e smartphones: m.terra.com.br/vancouver

Fonte: Terra
Publicidade