2 eventos ao vivo

Apesar de protestos, ouro de britânica é confimado no skeleton

20 fev 2010
06h39

Apesar de apelos de Canadá e Estados Unidos nesta sexta-feira (horário de Vancouver), a britânica Amy Willians está confirmada como campeã olímpica do skeleton feminino.

A Federação Internacional de Bobsled e Skeleton (FITB) rejeitou protestos de americanos e canadenses que reclamam de possível irregularidade no design do capacete de Willians.

A britânica dominou as quatro baterias do skeleton e chegou ao tempo de 3min35s64 com a soma dos tempos, conquistando a medalha de ouro nesta sexta-feira (19). O excelente desempenho da atleta (quebrou o recorde da pista na primeira bateria) gerou polêmica por parte de equipes adversárias, que reclamaram de supostas irregularidades no seu capacete.

O porta-voz da FITB Don Krone disse que a entidade rejeitou os protestos por considerar que o capacete usado por Willians não possuía design aerodinâmico irregular.

O título de atleta em pleno Whistler Sliding Center foi o primeiro da Grã-Bretanha nos Jogos de Vancouver. O pódio foi completado pelas alemãs Kerstin Szymkowiak, medalha de prata, e Anja Huber, que ficou com o bronze.

Entenda a prova de skeleton dos Jogos de Inverno

O skeleton recebeu este nome porque o trenó usado na modalidade, feito de metal e fibras de vidro, lembra o formato do esqueleto humano. É disputado no Whistler Sliding Center, mesmo local do bobsled e do luge, e, assim como estes dois esportes, tem a largada como momento decisivo.

Para este momento, os atletas usam um calçado de aderência especial e ganham velocidade correndo pelos primeiros 50 metros. Em seguida, se posicionam no trenó de barriga para baixo e descem a montanha, se jogando de um lado para o outro para direcionar o veículo.

O skeleton é disputado apenas em provas individuais. São quatro corridas em dois dias de disputa. Quem tiver o menor tempo total é campeão olímpico.

Entenda a prova cross do esqui estilo livre

Novidade no programa olímpico de inverno, a prova de cross do esqui estilo livre consiste na disputa de quatro atletas ao longo de um percurso cheio de curvas e ondulações. O primeiro a cruzar a linha de chegada é o vitorioso.

Os 32 melhores da qualificação vão à fase final da modalidade na Olimpíada. Os "sobreviventes" são divididos em oito chaves, com os dois melhores de cada uma avançando às quartas de final. O número vai sendo reduzido pela metade até a decisão, quando os quatro melhores lutam pela medalha de ouro.

Jogos Olímpicos de Inverno no Terra

O Terra transmite ao vivo a competição em 15 canais simultâneos de vídeo. Além disso, os usuários têm a possibilidade de assistir novamente a todo o conteúdo a qualquer momento. Todo o acesso é gratuito.

Uma equipe de 60 profissionais está encarregada de fazer a cobertura direto de Vancouver e dos estúdios do Terra, em São Paulo, no Brasil, com as últimas notícias, fotos, curiosidades, resultados e bastidores da competição.

A equipe conta com a participação do repórter especialista em esportes radicais Formiga - com 20 anos de experiência em modalidades de neve -, e o pentacampeão mundial de skate Sandro Dias, que comenta a competição em seu blog no Terra.

No celular
wap: wap.terra.com.br

Skeleton (F) - Classificatórias
Fonte: Terra

compartilhe

publicidade
publicidade