PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Jogos Inverno 2010

"Beleza pura", esquiador-cartola quer mais etíopes nos Jogos

16 fev 2010 - 13h02
Compartilhar
Anderson Giorge
Direto de Whistler

Simpático e de estilo solto, o etíope Robel Zemichael Teklemariam soltou um "beleza pura" em português ao ser parado pela reportagem do Terra. O resultado do atleta, 35 anos, no esqui cross country, disputado no Olympic Park de Whistler, foi apenas um discreto 93º lugar.

No entanto, a sua história não está ligada a medalhas e bons resultados. Nascido no país africano, o atleta mudou-se aos 9 anos para os Estados Unidos, onde a sua mãe conseguiu uma transferência por ser funcionária das Nações Unidas, e no país da principal economia do planeta desenvolveu o seu amor pelo esqui.

Para se manter e pagar as viagens para as competições, Teklemariam conta com o apoio de uma empresa de resorts que o contratou como instrutor de esqui.

Em Turim 2006, Teklemaiam tornou-se o primeiro etíope a disputar uma Olimpíada de Inverno, terminando em 89º. Desta vez, em Vancouver, ele caiu cinco posições, mas não se abalou.

"Fiz o que pude, então está ótimo. Podia ser melhor em relação a resultado. Mas pelo que coloquei no percurso, foi 100% para mim. Estou contente com o resultado", disse.

Para se tornar atleta olímpico pela Etiópia, Teklemariam teve de criar inclusive uma Federação de Esqui, controlada por ele e membros da sua família, para poder participar de competições. "No começo foi difícil para fazer o COI entender", disse.

Depois de superar também uma certa resistência na terra natal para ter uma federação em um local que não neva, ele pôde competir e agora luta para criar espaço para mais atletas, apostando em sua presença nas competições para buscar novos adeptos. Para promover o esporte, ele até treinou no país recentemente com um roller-esqui.

"Depois de competir em Vancouver, eu vou para Europa. Preciso de mais competições para o meu currículo e para conseguir uma melhor performance", disse.

"Para o futuro, quero lutar para ter mais etíopes envolvidos no esporte. Como vemos hoje no Brasil, há mais esquiadores e há um certo desenvolvimento", disse o etíope, referindo-se às presenças de Jaqueline Mourão e Leandro Ribela. O brasileiro, por sinal, terminou apenas três posições à frente do etíope.

Jogos Olímpicos de Inverno no Terra

O Terra transmite ao vivo a competição em 15 canais simultâneos de vídeo. Além disso, os usuários têm a possibilidade de assistir novamente a todo o conteúdo a qualquer momento. Todo o acesso é gratuito.

Uma equipe de 60 profissionais está encarregada de fazer a cobertura direto de Vancouver e dos estúdios do Terra, em São Paulo, no Brasil, com as últimas notícias, fotos, curiosidades, resultados e bastidores da competição.

A equipe conta com a participação do repórter especialista em esportes radicais Formiga - com 20 anos de experiência em modalidades de neve -, e o pentacampeão mundial de skate Sandro Dias, que comenta a competição em seu blog no Terra.

No celular
wap: wap.terra.com.br
Iphone e smartphones: m.terra.com.br/vancouver

Esqui Cross-Country 15km (M) - Final:
Fonte: Terra
Compartilhar
Publicidade