PUBLICIDADE

Canadá leva quadro de medalhas, mas se sente derrotado

28 fev 2010 08h13
Publicidade

Com os três ouros conquistados no sábado (slalom gigante paralelo masculino, curling masculino e perseguição por equipes da patinação de velocidade masculina), o Canadá chegou à marca de 13 medalhas douradas na Olimpíada de Vancouver e garantiu com antecipação a sua vitória no quadro.

Engana-se, porém, quem pensa que a torcida está comemorando o feito. Os canadenses seguem o modelo americano e consideram o vencedor dos Jogos o país que tem mais medalhas no total.

Neste caso, então, quem já garantiu a conquista com antecedência são os Estados Unidos, que, apesar de terem menos ouros que os anfitriões (nove), subiram ao pódio 36 vezes em Vancouver (com mais 14 pratas e 13 bronzes). O Canadá tem "apenas" 25 (sete prateadas e cinco terceiros lugares, além dos ouros) e, nesta contagem, ficam atrás também da Alemanha (29 medalhas, sendo dez ouros, 12 pratas e sete bronzes).

Desta forma, o quadro de medalhas de jornais canadenses tem o país na terceira colocação antes do último dia de disputas, da mesma forma que o site oficial da Olimpíada de Vancouver.

Independentemente dos sistemas, esta disputa pelo "título" da Olimpíada não encontra respaldo oficialmente, já que o Comitê Olímpico Internacional (COI) não avaliza qualquer tipo de somatórios de medalhas.

Recordes

Apesar de se sentir derrotado no quadro, o Canadá tem muitos motivos para comemorar sua campanha em casa na edição de 2010 dos Jogos de Inverno. Afinal, foi a melhor da história do país em Olimpíadas, levando-se em conta também as de Verão.

Além disso, a nação já havia sediado o evento duas vezes (em 1976, nos Jogos de Verão de Montreal, e em 1988, na Olimpíada de Inverno de Calgary) e não havia ganho sequer uma medalha de ouro em ambas ocasiões.

Desta vez, porém, foram 13, o que torna o Canadá o anfitrião com mais ouros da história dos Jogos de Inverno. Caso o time masculino de hóquei vença os Estados Unidos na final deste domingo, o país ainda passa a União Soviética e Noruega, que conquistaram 13 ouros em 1976 e 2002, respectivamente, e se torna o maior colecionador de medalhas douradas em uma edição da Olimpíada menos famosa para os brasileiros.

Os americanos, aliás, também têm razões para guardar na lembrança a passagem por Vancouver. Foi apenas a segunda vez na história que o país venceu os Jogos de Inverno na soma das medalhas (a outra havia sido no distante ano de 1932). Além disso, com as 36 comendas, se tornou a nação que mais subiu ao pódio em uma só edição.

Jogos Olímpicos de Inverno no Terra

O Terra transmite ao vivo a competição em 15 canais simultâneos de vídeo. Além disso, os usuários têm a possibilidade de assistir novamente a todo o conteúdo a qualquer momento. Todo o acesso é gratuito.

Uma equipe de 60 profissionais está encarregada de fazer a cobertura direto de Vancouver e dos estúdios do Terra, em São Paulo, no Brasil, com as últimas notícias, fotos, curiosidades, resultados e bastidores da competição.

A equipe conta com a participação do repórter especialista em esportes radicais Formiga - com 20 anos de experiência em modalidades de neve -, e o pentacampeão mundial de skate Sandro Dias, que comenta a competição em seu blog no Terra.

No celular
wap: wap.terra.com.br
Iphone e smartphones: m.terra.com.br/vancouver

Veja entrega de medalhas do dia 27, em Vancouver:
Fonte: Terra
Publicidade