0

Com Olimpíada, Canadá quer sair da sombra dos EUA

13 fev 2010
12h46
atualizado às 13h19

O Canadá, que educadamente se irrita quando é confundido com seu poderoso vizinho do sul, os Estados Unidos, clamou por sua identidade distinta na abertura da Olimpíada de Inverno e pediu ao mundo para apoiar seu patriotismo incomum.

Com uma colorida e muitas vezes emocionante cerimônia para os Jogos de Vancouver, o Canadá apresentou uma série do tipo "quem é quem" do país, incluindo alguns astros que boa parte do público internacional poderia achar que fossem americanos. Assim, havia cantores como Nelly Furtado e K.D. Lang ao lado do piloto Jacques Villeneuve e do ator Donald Sutherland.

"Nós convidamos as pessoas de todas as partes do mundo para compartilhar e experimentar, mesmo que seja por alguns poucos momentos, como é se sentir como um canadense orgulhoso", disse John Furlong, chefe-executivo do Comitê Organizador dos Jogos de Vancouver, curiosamente nascido na Irlanda, ao final da cerimônia, que contou com alta tecnologia e foi surpreendentemente íntima.

Em uma demonstração da vastidão do Canadá, o segundo maior país do mundo em área territorial, o show apresentou o Ártico, a antiga floresta pacífica da Colúmbia Britânica e seu imenso prado, assim como a exuberante música das regiões do Atlântico e um desfile de patinadores vestidos de vermelho e branco, as cores da bandeira canadense.

A cerimônia de abertura canadense foi a primeira dos Jogos Olímpicos de Inverno a se realizar em um estádio coberto e também trouxe imagens da neve, do sol, da lua e até mesmo da chuva, em uma lembrança do tempo que fazia do lado de fora.

Esta é a terceira Olimpíada que o Canadá sedia depois de Montreal em 1976 e Calgary em 1988. O fato até levou os canadenses nos últimos dias a se desculparem pelo fato de que sua tradicional modéstia seria substituída pelo orgulho nacionalista.

"Nós vamos pedir ao mundo que nos perdoe por esta incomum demonstração de patriotismo", afirmou o primeiro-ministro, Stephen Harper. "Mas nem sempre é fácil ser canadense."

Jogos Olímpicos de Inverno no Terra

O Terra transmite ao vivo a competição em 15 canais simultâneos de vídeo. Além disso, os usuários têm a possibilidade de assistir novamente a todo o conteúdo a qualquer momento. Todo o acesso é gratuito.

Uma equipe de 60 profissionais está encarregada de fazer a cobertura direto de Vancouver e dos estúdios do Terra, em São Paulo, no Brasil, com as últimas notícias, fotos, curiosidades, resultados e bastidores da competição.

A equipe conta com a participação do repórter especialista em esportes radicais Formiga - com 20 anos de experiência em modalidades de neve -, e o pentacampeão mundial de skate Sandro Dias, que comenta a competição em seu blog no Terra.

No celular
wap: wap.terra.com.br
Iphone e smartphones: m.terra.com.br/vancouver

Cantores Brian Adams e Nelly Furtado brilham em cerimônia de abertura: orgulho de ser canadense
Cantores Brian Adams e Nelly Furtado brilham em cerimônia de abertura: orgulho de ser canadense
Foto: Getty Images
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

publicidade
publicidade