0

Comandados por "rainha", sul-coreanos são recebidos com festa

2 mar 2010
10h24

Mais de mil fãs e um batalhão de fotógrafos e repórteres se dirigiram nesta terça-feira ao aeroporto internacional de Incheon para recepcionar a delegação sul-coreana que participou da Olimpíada de Inverno de Vancouver. Entre os destaques da equipe, ninguém superou Yu-Na Kim, campeã da patinação artística individual.

Ao Canadá, a Coreia do Sul levou 58 atletas e conquistou seis ouros, seis pratas e dois bronzes, atingindo um recorde de 14 medalhas. Ao final, o país terminou na quinta posição do quadro geral da competição.

No aeroporto, mais de mil pessoas esperavam pela equipe e especialmente por Kim, que teve seu nome gritado. Logo após desembarcar em Incheon, o que aconteceu por volta das 17h30 locais (5h30 de Brasília), ela concedeu entrevista aos repórteres que foi transmitida ao vivo por emissoras de televisão.

"Agradeço de coração pelas boas-vindas", disse Kim, 19 anos, que brilhou na patinação já em sua primeira Olimpíada. "Estou orgulhosa dos nossos atletas e fico feliz por ter contribuído um pouco com esses grandes resultados".

O belo desempenho da Coreia do Sul em Vancouver deve engrandecer o peso dos esportes de inverno no país. O presidente sul-coreano, Lee Myung-Bak, até já se comprometeu a aumentar o orçamento que esse tipo de modalidades recebe anualmente, segundo informou o chefe do comitê olímpico nacional, Yong-Sung Park.

Park, aliás, mostrou-se muito confiante em levar os Jogos Olímpicos de 2018 a PyeongChang, cidade que concorre à sede do evento com Munique, na Alemanha, e Annecy, na França. A decisão sairá em uma eleição marcada para julho de 2011.

Patinação Artística (F) - Livre - Final
Fonte: Terra
publicidade