PUBLICIDADE

Piloto comemora fim de jejum americano e de hegemonia alemã

28 fev 2010 09h47
Publicidade

Durante a maior parte da década de 2000, o piloto Steven Holcomb, 29 anos, perseguiu André Lange, 36, atrás de um inédito título no bobsled. No último sábado, o americano finalmente obteve o feito, batendo o tetracampeão olímpico e quebrando um jejum dos Estados Unidos na prova para quatro pessoas que durava desde a Olimpíada de St. Moritz 1948.

Vecedor do bobsled para quatro atletas em Turim 2006 e em Salt Lake City 2002 e na prova de duplas em Turim 2006 e Vancouver 2010, Lange é considerado uma verdadeira lenda do esporte. Consagrado na Alemanha, cuja bandeira carregou na cerimônia de abertura da atual Olimpíada, o piloto frustrou as expectativas de Holcomb diversas vezes até levar a revanche, que representa a primeira derrota de um quarteto alemão em 18 anos de Jogos Olímpicos.

"Sou um bom amigo de André. Ao mesmo tempo, isso não quer dizer que eu queria dançar sempre a música dele - agora está acontecendo a minha própria festa, o que é emocionante", disse o americano, que comandou uma equipe formada ainda por Steve Mesler, Curtis Tomasevicz e Justin Olsen.

Com o resultado, os quatro atletas dos EUA ainda confirmaram o título mundial ganho em 2009. "Este é maior. Não dá para fazer nada melhor do que isso", apressou-se em afirmar o técnico de bobsled do país, Brian Shimer, que foi integrante da seleção que conquistou o bronze em Salt Lake City.

Na cidade americana, a vitória ficou exatamente com Lange, que soma ainda oito títulos mundiais e que jamais havia sido derrotado em Olimpíadas até o último sábado.

Entenda a prova do bobsled dos Jogos de Inverno

Esporte olímpico desde 1924, o bobsled é construído atualmente para ser o mais rápido e aerodinâmico possível. Antes de entrar nesta espécie de veículo e descer a montanha, os atletas correm a pé por cerca de 50 metros para ganharem velocidade.

A competição em Vancouver se estenderá por dois dias. São quatro descidas ao todo. Os tempos são medidos eletronicamente e somados para a definição do resultado final - o mais rápido vence. A Olimpíada tem três modalidades do bosled - equipes com quatro e dois integrantes no masculino e duplas no feminino.

Jogos Olímpicos de Inverno no Terra

O Terra transmite ao vivo a competição em 15 canais simultâneos de vídeo. Além disso, os usuários têm a possibilidade de assistir novamente a todo o conteúdo a qualquer momento. Todo o acesso é gratuito.

Uma equipe de 60 profissionais está encarregada de fazer a cobertura direto de Vancouver e dos estúdios do Terra, em São Paulo, no Brasil, com as últimas notícias, fotos, curiosidades, resultados e bastidores da competição.

A equipe conta com a participação do repórter especialista em esportes radicais Formiga - com 20 anos de experiência em modalidades de neve -, e o pentacampeão mundial de skate Sandro Dias, que comenta a competição em seu blog no Terra.

No celular
wap: wap.terra.com.br

Bobsled (M) - Quarteto - Final:
Fonte: Terra
Publicidade