0

A um ano da Paraolimpíada de Londres, Brasil planeja 7º lugar

29 ago 2011
16h19

A contagem regressiva para o maior espetáculo paradesportivo, os Jogos Paraolímpicos de Londres 2012, começou nesta segunda-feira. A 365 dias da cerimônia de abertura do evento, o Brasil pretende ficar entre os sete primeiros no quadro geral de medalhas em Londres e já faz planos de estar entre os cinco melhores nos Jogos Rio 2016.

"O nosso objetivo é superar o resultado que conquistamos em Pequim (nono lugar no quadro geral de medalhas). Temos uma etapa importante em novembro, nos Jogos Parapan-Americanos em Guadalajara, onde vamos dar uma demonstração clara dos objetivos que estamos buscando em 2012", afirmou o presidente do Comitê Paraolímpico Brasileiro, Andrew Parsons.

Para celebrar o Dia Internacional Paraolímpico, Londres fará uma grande festa que contará com a presença de grandes nomes do paradesporto mundial. Entre as comemorações, o Comitê Organizador de Londres 2012 e o presidente do Comitê Paraolímpico Internacional (IPC), Sir Philip Craven, farão um convite ao mundo para os Jogos Paraolímpicos. Representando as Américas, Andrew Parsons, receberá o convite do Continente Americano.

Para Sir Philip Craven, um dos maiores legados que pode ser esperado de Londres 2012 é o de maior compreensão do Movimento Paraolímpico. Com um número recorde de 4.200 atletas de 150 países, Craven acredita que a competição será um divisor de águas.

"Nossos atletas de elite vão cativar bilhões de pessoas ao redor do mundo. Vão inspirar milhões e, finalmente, conduzir a mudança da sociedade e ajudar a alterar as percepções do que pode ser alcançado por uma pessoa com deficiência. Estamos agora a um ano da Olimpíada. A excitação está crescendo a cada dia, e conforme nos aproximamos, eu realmente acredito que Londres 2012 prepara-se para ser tão boa como Pequim, se não melhor", disse.

Os Jogos Paraolímpicos de Londres 2012 acontecerão entre os dias 29 de agosto e 9 de setembro de 2012. Os bilhetes começam a ser vendidos no próximo dia 9 de setembro, no site: www.tickets.london2012.com.

Fidípides, soldado da Grécia (representado no centro da imagem), correu da cidade de Maratona até a cidade de Atenas para comunicar o povo sobre a vitória grega na guerra contra os persas. Morreu logo após os 40 km percorridos, mas ganhou uma prova em sua homenagem nos Jogos Olímpicos
Fidípides, soldado da Grécia (representado no centro da imagem), correu da cidade de Maratona até a cidade de Atenas para comunicar o povo sobre a vitória grega na guerra contra os persas. Morreu logo após os 40 km percorridos, mas ganhou uma prova em sua homenagem nos Jogos Olímpicos
Foto: Getty Images
Fonte: Terra
publicidade