0

Alison cita "derrota de guerreiros"; Emanuel festeja luta até o fim

9 ago 2012
19h37
atualizado às 20h32
Carolina Capozzi
Marina Novaes
Marcelo do Ó
Direto de Londres

Os brasileiros Emanuel e Alison foram derrotados nesta quinta-feira pelos alemães Julius Brink e Jonas Reckermann por 2 sets a 1, parciais de 23/21, 16/21 e 16/14, na disputa do ouro nos Jogos Olímpicos de Londres. Mesmo tendo faturado a prata e deixado escapar o primeiro lugar no pódio, os atletas ressaltaram a entrega na decisão e também se sentiram orgulhosos com o feito.

» Saiba tudo sobre os medalhistas do Brasil em Londres
» Veja como foram as conquistas dos brasileiros
» Veja mapa e conheça tudo sobre o Parque Olímpico de Londres
» Confira a programação de ao vivo do Terra
» Veja a agenda  e resultados dos Jogos de Londres

"Todos nós brasileiros gostamos muito da medalha de ouro, sempre queremos ganhar, mas a gente também nunca desiste. E isso representou a partida de hoje. A gente perdeu o primeiro set, ganhou o segundo, estávamos atrás no terceiro e mesmo assim ficamos até o final. Eu acho que o mais importante é isso. A gente perdeu como guerreiro. E o mais importante que para o meu País isso é uma experiência única. Eu queria ganhar muito o ouro para o nosso País, para o Emanuel, mas tudo na vida tem um porque. A gente fez um bom trabalho, a Alemanha foi muito merecedora disso, e está de parabéns", definiu Alison.

"É uma mistura de tudo. Ninguém gosta de perder. Na verdade a gente tem uma tristeza, mas passa um filme de superação, tudo o que a gente já passou, individualmente e cada um nessa carreira. E jogar com o Emanuel, eu queria muito levar essa medalha de ouro para ele. Cinco Olimpíadas, três medalhas, merece muito o respeito dos brasileiros. E o mais importante é que a gente lutou até o final. Perder faz parte da vida, mas o importante é que a gente lutou", acrescentou.

Já Emanuel também se mostrou feliz com a medalha, a terceira olímpica na carreira - ele faturou o ouro na edição de 2004, em Atenas, ao lado de Ricardo, e ficou com a prata em Pequim 2008. "Eu acredito que hoje foi a excelência do esporte. Os dois times jogaram muito, não deixaram o outro time crescer em momento algum. Mas isso faz parte do esporte. O esporte eu já vivi o outro lado da moeda, mas fico feliz com a forma como estamos jogando", disse.

"Foram praticamente duas semanas de muita intensidade. Estou muito feliz da forma como nós jogamos todos os jogos, principalmente esse último. A gente não desistiu em nenhum minuto, nós lutamos até o final, mas competição é isso. Muitas vezes a gente quer ganhar tanto que não consegue vencer. Mas a gente lutou até o final, e é importante levar uma medalha para o nosso Brasil", completou.

Alison e Emanuel levaram a prata no vôlei de praia masculino nesta quinta
Alison e Emanuel levaram a prata no vôlei de praia masculino nesta quinta
Foto: Marcelo Pereira / Terra
Fonte: Terra
publicidade