0

Após queda precoce, Maria Elisa nega "azar" do Brasil em Londres

4 ago 2012
16h10
atualizado às 16h11
Leandro Miranda
Direto de Londres

A queda precoce da dupla Maria Elisa/Talita nas oitavas de final do vôlei de praia diante das checas Marketa Slukova e Kristyna Kolocova, neste sábado, foi mais um dos recentes resultados abaixo das expectativas do Brasil na Olimpíada de Londres. Depois de surpresas como a quase eliminação do vôlei feminino, o bronze de Cesar Cielo nos 50 m livre e o adeus de Fabiana Murer ainda na classificatória do salto com vara, a dupla que era a 5ª cabeça de chave deixa os Jogos distante da briga por medalha.

» Escolha o esporte e assista aos vídeos da Olimpíada de Londres
» Saiba tudo sobre os medalhistas do Brasil em Londres
» Veja como foram as conquistas dos brasileiros
» Veja mapa e conheça tudo sobre o Parque Olímpico de Londres
» Confira a programação de ao vivo do Terra
» Veja a agenda e resultados dos Jogos de Londres

Para Maria Elisa, que admitiu sair da areia com "cabeça quente" devido à derrota, o motivo pelos resultados do País não é azar. "Não gosto muito dessa palavra, o resultado está sendo como tem que ser. Não posso falar pelos outros, falo pelo meu time. Se elas (checas) ganharam é porque elas mereceram mais do que a gente, e se os outros também perderam é porque outros fizeram por onde. Ganha quem jogou melhor, quem se preparou melhor. Mérito para quem está ganhando", afirmou.

"Tem que repensar, conversar com a equipe, ver o que a gente pode fazer para melhorar para a próxima Olimpíada. Não se deixar abater, contar com apoio da torcida, da família. Mas nós sabemos do nosso potencial, do que somos capazes de fazer. Vamos avaliar, ainda estou com a cabeça quente, irritada, não consigo avaliar muito bem. Essas coisas acontecem nas melhores famílias", continuou Maria Elisa.

Mesmo com a saída das quintas favoritas da disputa, o Brasil ainda tem outra dupla forte candidata a medalha no vôlei de praia: Juliana/Larissa, número 1 do ranking, que faz seu jogo das quartas de final neste domingo, às 18h locais (14h de Brasília). As adversárias serão as alemãs Sara Goller e Laura Ludwig.

Olimpíada ao vivo no Terra
O Terra, maior empresa de internet da América Latina, transmite ao vivo e em alta definição (HD) todas as modalidades dos Jogos Olímpicos de Londres. Com reportagens especiais e acompanhamento do dia a dia dos atletas, a cobertura conta comtextos,vídeos,fotos, e participação do internautae repercussão no Facebook.Siga também a cobertura no Twitter e participe com a hashtag: #TerraLondres2012

Dupla brasileira era uma das favoritas à medalha nos Jogos Olímpicos de Londres
Dupla brasileira era uma das favoritas à medalha nos Jogos Olímpicos de Londres
Foto: AP
Fonte: Terra
publicidade