0

Arábia Saudita cogita autorizar participação de mulheres em Londres

11 jul 2012
15h36
atualizado em 12/7/2012 às 16h21
  • separator
  • comentários

A Arábia Saudita enviará atletas mulheres aos Jogos de

Dartford é a cidade do famoso vocalista dos Rolling Stones, Mick Jagger; há, inclusive, uma pequena exposição dedicada ao artista
Dartford é a cidade do famoso vocalista dos Rolling Stones, Mick Jagger; há, inclusive, uma pequena exposição dedicada ao artista
Foto: Terra

Londres 2012

se elas forem convidadas pelo Comitê Olímpico Internacional (COI), disse à

Reuters

uma autoridade saudita nesta quarta-feira, sugerindo que o governo local está se movimentando para resolver a delicada questão.

» Escolha a atleta mais bela dos Jogos Olímpicos de Londres 2012
» Brigas e dramas: relembre grandes momentos olímpicos
» Saiba todos os detalhes dos atletas brasileiros que estarão em Londres

"A Arábia Saudita permitirá que as atletas mulheres participem se elas receberem um convite do Comitê Olímpico Internacional ou de comitês olímpicos de outros países", afirmou à Reuters a autoridade, que pediu para não ser identificada devido à importância da questão.

"Há um comitê conjunto do COI e do Comitê Olímpico Saudita para debater se as atletas mulheres receberão um convite e para quais esportes. Por enquanto, não foi emitido nenhum convite."

A participação de mulheres nos esportes é um assunto polêmico na Arábia Saudita há muito tempo. Naquele país, os clérigos poderosos criticam as mulheres por fazer exercícios, dizendo que isso vai contra a natureza delas.

Na Arábia Saudita, as mulheres são consideradas menores de idade e precisam de permissão de seu guardião (pai, irmão ou marido) para deixar o país e, em alguns casos, até para trabalhar.

Faltando apenas algumas semanas da abertura dos Jogos Olímpicos de Londres, em 27 de julho, grupos de direitos humanos criticaram a Arábia Saudita por nunca ter enviado uma atleta do sexo feminino a uma Olimpíada.

Em um relatório divulgado nesta quarta-feira, a ONG Human Rights Watch, com sede em Nova York, pediu que o COI barre a participação da Arábia Saudita nos Jogos deste ano. O relatório cita uma história relatada no jornal diário al-Sharq al-Awsat , que diz que nenhuma mulher saudita participará dos Jogos.

A embaixada saudita em Londres anunciou no mês passado que "supervisionaria a participação de atletas mulheres que se qualifiquem para os Jogos", mas que nenhuma mulher saudita obteve colocações por meio de competições.

Entretanto, a autoridade saudita disse nesta quarta-feira que havia outras maneiras de obter lugares na Olimpíadas as atletas poderiam receber convites e eles poderiam ser estendidos a comitês olímpicos. "Esses canais ainda são uma opção para as atletas sauditas", acrescentou.

A participação das mulheres estaria sujeita à aprovação de seus guardiões e elas precisam seguir o código de vestimenta da lei islâmica, afirmou a autoridade.

Londres 2012 no Terra

O Terra , maior empresa de internet da América Latina, transmitirá ao vivo e em alta definição (HD) todas as modalidades dos Jogos Olímpicos de Londres, que serão realizados entre os dias 27 de julho e 12 de agosto de 2012. Com reportagens especiais e acompanhamento do dia a dia dos atletas, a cobertura contará com textos, vídeos, fotos, debates, participação do internauta e repercussão nas redes sociais.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

publicidade
publicidade