2 eventos ao vivo

Atacante de um gol na Seleção, Damião recusa metas e pressão

14 jul 2012
07h20
atualizado às 13h34
Fábio de Mello Castanho
Direto do Rio de Janeiro

Confirmado como camisa nove da Seleção Brasileira na Olimpíada, Leandro Damião será cobrado por gols em Londres. Mas eles são raridade com a camisa amarela. Em nove jogos até o momento, o atacante do Internacional balançou as redes apenas por uma vez: em setembro de 2011, em amistoso contra Gana, em Londres.

» Saiba como estão os ídolos da Seleção de bronze de 1996
» Escolha a atleta mais bela dos Jogos Olímpicos de Londres 2012

Desde então, Damião enfrenta uma rotina de perguntas sobre o jejum a cada entrevista antes de jogar pela Seleção. Na última sexta-feira não foi diferente. Como se já soubesse que receberia os mesmos questionamentos, repetiu que não se sente pressionado e ajudou a Seleção de outras maneiras durante o período.

"Não que (atacante que não marca gol) não presta, mas ajuda sempre. Não adianta ficar com isso na cabeça. Às vezes dar um passe para o colega ajuda muito mais e o time vencendo", rebateu.

De fato, Damião teve boas atuações pela Seleção mesmo sem balançar as redes. Em sua estreia, contra a Escócia, impressionou pela desenvoltura e quase marcou ao acertar o travessão em um chute violento da entrada da área. Contra a Argentina, pelo Superclássico das Américas, deu uma lambreta no marcador e também parou no travessão. De novo contra os argentinos, no último amistoso, deu uma assistência para Oscar.

Mas os gols fazem falta. Alexandre Pato, que deve ser seu reserva durante os Jogos de Londres, tem seis na era Mano Menezes. Neymar é o artilheiro do período com nove. Hulk, com três, e Jonas e Fred, com dois, também estão à frente de Damião desde que Mano Menezes assumiu o comando da equipe.

Mesmo assim, o camisa nove não parece abalado. Se Neymar ganha até carro se atinge meta estipulada pelo pai, Damião se afasta deste tipo de pressão. Para ele, é melhor deixar as coisas fluírem naturalmente. "Posso até sonhar com muitos gols, mas o importante é ajudar a Seleção. Na minha vida nunca tive metas, as coisas sempre foram acontecendo", finalizou.

Olimpíada ao vivo no Terra

O Terra, maior empresa de internet da América Latina, transmitirá ao vivo e em alta definição (HD) todas as modalidades dos Jogos Olímpicos de Londres, de 27 de julho e 12 de agosto de 2012. Com reportagens especiais e acompanhamento do dia a dia dos atletas, a cobertura conta com textos, vídeos, fotos, debates, participação do internauta e repercussão nas redes sociais.

Confira os grupos do torneio masculino abaixo:


Fonte: Terra
publicidade