0

Brasil tem judô recordista, tropeço de veteranos e afirmação feminina

3 ago 2012
20h23
atualizado às 20h38
Allan Farina
Direto de Londres

Chegou ao fim na sexta-feira a disputa do judô na Olimpíada de Londres. Para o Brasil, a campanha foi histórica: quatro medalhas, sendo uma de ouro, o melhor resultado em todas as edições dos Jogos. A modalidade ainda ultrapassou temporariamente a vela como esporte que mais rendeu pódios para o País em toda a história.

» Escolha o esporte e assista aos vídeos da Olimpíada de Londres
» Saiba tudo sobre os medalhistas do Brasil em Londres
» Veja como foram as conquistas dos brasileiros
» Veja mapa e conheça tudo sobre o Parque Olímpico de Londres
» Confira a programação de ao vivo do Terra
» Veja a agenda e resultados dos Jogos de Londres

Entretanto, os Jogos de Londres serviam principalmente para confirmar o judô feminino brasileiro e até superar o masculino na Olimpíada. Sarah Menezes conquistou o primeiro ouro de uma judoca em toda a história, pódio que serviu ainda como a terceira vez que um brasileiro sobe ao ponto mais alto na modalidade.

"O mundo hoje respeita o judô brasileiro feminino"¸ afirmou Rosicléia Campos, técnica da Seleção feminina e uma das responsáveis por este desenvolvimento. "Estou muito orgulhosa da equipe feminina. Valeu a pena todo o empenho e a dedicação. O trabalho, o planejamento, as pessoas que colaboraram", disse.

Antes de Londres, o melhor resultado feminino havia sido o bronze de Ketleyn Quadros em Pequim. Em 2012, além do ouro de Sarah, Mayra Aguiar obteve o terceiro lugar. "Eu esperava mais. Não tinha dúvida. A desclassificação da Rafaela (Silva) acabou alterando as nossas expectativas. Todas sem dúvida tinham chances, mas a Rafaela pelo histórico poderia ter chegado a uma final e medalhado", comentou a treinadora.

"Está ótimo. O judô feminino reescreveu mais uma vez a história. Uma medalha de ouro e uma de bronze. O nosso último resultado tinha sido um bronze e um quinto lugar, então foi ótimo. Mas eu como treinadora e planejadora dos objetivos queria mais e vou sempre continuar querendo mais", explicou Rosicleia.

O trabalho da equipe feminina ainda foi elogiado pelo coordenador técnico, Ney Wilson. "O judô feminino de 2007 para cá teve um crescimento gigantesco. Isso se deve a um trabalho bem planejado em que a Rosi realmente conquistou as atletas e conseguiu unir dentro de um trabalho para se consagrar nesses Jogos Olímpicos", disse.

Entre os homens, o resultado final foi a conquista de duas medalhas por atletas jovens e em sua primeira Olimpíada. O ligeiro Felipe Kitadai e o pesado Rafael "Baby" Silva deixaram Londres com o bronze pendurado ao redor do pescoço, garantindo assim o primeiro pódio da história para suas categorias.

O judô masculino, entretanto, viu desempenhos irregulares de veteranos. Líder do ranking mundial na categoria até 78 kg, Leandro Guilheiro foi derrotado nas quartas de final e não conseguiu passar pela repescagem para buscar seu terceiro bronze. Já Tiago Camilo, dono de uma prata e um bronze, caiu na disputa do terceiro lugar.

"A meta foi cumprida. Claro que a gente poderia ter um resultado melhor. Um meio-leve (Leandro Cunha) que foi vice-campeão mundial em duas oportunidades, ou um Leandro Guilheiro, todos tinham capacidades para passar com um resultado bom. Mas faz parte da luta. Acho que nosso trabalho está no caminho certo. Conseguimos medalha com atletas jovens e que vêm cada vez mais evoluindo", explicou o treinador Luis Shinohara.

Olimpíada ao vivo no Terra
O Terra, maior empresa de internet da América Latina, transmite ao vivo e em alta definição (HD) todas as modalidades dos Jogos Olímpicos de Londres. Com reportagens especiais e acompanhamento do dia a dia dos atletas, a cobertura conta com textos,vídeos,fotos, e participação do internautae repercussão no Facebook.Siga também a cobertura no Twitter e participe com a hashtag: #TerraLondres2012

Sarah Menezes levou o único ouro brasileiro no judô, o primeiro de uma brasileira na modalidade
Sarah Menezes levou o único ouro brasileiro no judô, o primeiro de uma brasileira na modalidade
Foto: Edson Lopes Jr. / Terra
Fonte: Terra

compartilhe

publicidade