0

Brasileiros treinam em Londres e sonham com dobradinha na natação

7 jun 2012
21h13
atualizado em 8/6/2012 às 07h30
Ulisses Neto
Direto de Londres

A delegação brasileira de natação iniciou nesta quinta-feira em Londres mais uma etapa da preparação para os Jogos de 2012. Oito atletas treinaram na piscina do Crystal Palace, complexo esportivo na capital britânica que será utilizado pelo COB como quartel-general durante a próxima Olimpíada.

» Brigas e dramas: relembre grandes momentos olímpicos
» Saiba todos os detalhes dos atletas brasileiros que estarão em Londres

Entre os nadadores que desembarcaram na cidade estão Cesar Cielo, principal nome da modalidade no País, e Thiago Pereira, atleta brasileiro com maior número de medalhas de ouro em Jogos Pan-Americanos. Bruno Fratus, revelação no 50 m livre também integra a delegação.

Ansioso para sua estreia olímpica, Fratus sonha alto. O nadador fluminense alcançou neste ano a segunda melhor marca do mundo na prova em que é especialista, ficando atrás apenas de Cesar Cielo. Por isso, projetar uma dobradinha nos 50 m em Londres 2012 não é algo irrealista.

"A torcida brasileira está querendo bastante uma dobradinha, mas sem dúvida o Cesar e eu queremos muito mais que todo mundo junto que isso aconteça", brinca o nadador. Ele pondera que "no entanto, não é hora de ficarmos antecipando muito o que está por vir. O momento é de dar 100%, treinar o melhor possível e quando chegar mais próximo a gente insere esse clima de competição no dia a dia. Por enquanto, o foco é só fazer o melhor possível."

Para conquistar o ouro, Fratus, 22 anos, terá que bater o recordista da prova, que também ostenta os títulos olímpico e mundial. A vantagem, contudo, é de treinar lado a lado com o principal adversário. O que, de quebra, ainda rende informações importantes na preparação. "Como o Cesar é um atleta mais experiente, já passou por várias experiências que eu ainda pretendo passar, tento absorver o máximo de informação positiva que eu consigo", comentou.

"O fato de ter o Cesar sempre na prova comigo é uma garantia de que a disputa nunca será fraca. Toda vez que cair na água para competir terá que ser para dar o melhor e ser o mais rápido", completou.

Além de se preocupar com a concorrência caseira nos 50 m livre, Cielo também terá que lidar com os adversários australianos nos 100 m. Em Pequim, o recordista mundial conquistou o bronze na prova.

Alcançar o topo em Londres será complicado, sobretudo diante dos resultados obtidos por nadadores como James Magnussen. O australiano está em ótima fase e foi apontado por Alexander Popov, um dos maiores nadadores de todos os tempos, como o favorito para a disputa. Em entrevista ao SporTV, o russo disse que nem mesmo Cielo poderá bater Magnussen, já que o atleta faz a segunda metade da prova em ritmo muito forte.

Cielo respondeu a declaração afirmando que "não vou fazer minha prova em cima de nenhum adversário". Sem se mostrar incomodado com a opinião do medalhista olímpico, o brasileiro afirmou que "ele poderia ter falado também que os australianos voltam forte nos 50 metros finais, mas os brasileiros passam a primeira metade forte também. Temos o primeiro e o segundo ranking dos 50 m."

Quem não gostou das afirmações foi o treinador da equipe, Albertinho, que parafraseou o ex-jogador de futebol Romário. "De boca fechada ele é um poeta", brincou o técnico arrancando risos dos atletas.

Londres 2012 no Terra

O Terra, maior empresa de internet da América Latina, transmitirá ao vivo e em alta definição (HD) todas as modalidades dos Jogos Olímpicos de Londres, que serão realizados entre os dias 27 de julho e 12 de agosto de 2012. Com reportagens especiais e acompanhamento do dia a dia dos atletas, a cobertura contará com textos, vídeos, fotos, debates, participação do internauta e repercussão nas redes sociais.

Matthew Pinsent é tetracampeão no remo; veja
Fonte: Especial para Terra
publicidade