1 evento ao vivo

Cameron diz que Jogos injetarão mais de R$ 41 bi nos próximos 4 anos

5 jul 2012
09h12
atualizado às 11h25

David Cameron, primeiro-ministro britânico, afirmou nesta quinta-feira em que espera dos Jogos Olímpicos um impulsionamento a economia local em 13 bilhões de libras (R$ 41 bilhões) nos próximos quatro anos. Visitando a região East Midlands, centro-leste da Inglaterra, o premiê disse ao site The Independent que quer transformar as Olimpíadas "em ouro".

» Escolha a atleta mais bela dos Jogos Olímpicos de Londres 2012
» Brigas e dramas: relembre grandes momentos olímpicos
» Saiba todos os detalhes dos atletas brasileiros que estarão em Londres

Cameron elogiou a preparação do evento, apesar do excesso de 9 bilhões de libras (R$ 28 milhões), e insistiu que a capital britânica realizará um evento esplêndido no novo Parque Olímpico. Para o primeiro-ministro, o gasto acima do planejado em tempos difíceis é coerente, pois serviu para dar novos empregos e ajudar no crescimento da economia britânica.

Construídas fundações para os Jogos Olímpicos de Londres, o premiê definiu como objetivo concentrar esforços para que as estruturas preparadas para o evento sirvam para o desenvolvimento do Reino Unido. "Agora nós precisamos fazer negócios para o Reino Unido, vendê-lo para o mundo baseado no sucesso britânico", disse ao The Independent

Durante o verão europeu, o governo britânico receberá uma conferência de investimento mundial, que aproximará homens de negócio do Reino Unido de potenciais investidores e parceiros comerciais. Dessa reunião, Cameron espera que surjam as negociações que resultariam no lucro de 13 bilhões de libras em quatro anos.

O primeiro ministro ainda declarou que nenhum outro país do mundo tem a oportunidade de realizar um evento do porte de uma Olimpíada e lucrar dele nos anos seguintes.

Londres 2012 no Terra

O Terra, maior empresa de internet da América Latina, transmitirá ao vivo e em alta definição (HD) todas as modalidades dos Jogos Olímpicos de Londres, que serão realizados entre os dias 27 de julho e 12 de agosto de 2012. Com reportagens especiais e acompanhamento do dia a dia dos atletas, a cobertura contará com textos, vídeos, fotos, debates, participação do internauta e repercussão nas redes sociais.

Premiê britânico disse ainda que excesso de gastos em tempos difíceis não é incoerente
Premiê britânico disse ainda que excesso de gastos em tempos difíceis não é incoerente
Foto: Getty Images
Fonte: Terra
publicidade