0

Canoísta de 16 anos usará redes sociais para "compartilhar" Olimpíada

24 mar 2012
12h26
atualizado às 13h22
  • separator
Thiago Peres

Quando deixou as águas do Canal Itaipu, este mês, com a vaga olímpica em mãos, a canoísta Ana Sátila estava emocionada - reação que contagiou a todos que dela se aproximaram naquele momento. A conquista da medalha de ouro da categoria K1 no Campeonato Pan-Americano de Canoagem Slalom, em Foz do Iguaçu, assegurou à brasileira um lugar em Londres. Aos 16 anos, a atleta tem uma rotina repleta de atividades, que incluem estudos e treinos. Se a experiência da qualificação já foi intensa, a canoísta espera ainda mais da Olimpíada. Com gosto por redes sociais, ela planeja registrar sua passagem pela capital inglesa e compartilhá-la com amigos e familiares.

» Vote e eleja a mais bela atleta do Mundial Indoor de Istambul

"Uso Facebook, Twitter, blog, Google +, Flickr, MSN...", diz a jovem. "Quando acontecerem as novidades, pretendo manter o pessoal atualizado, colocar uma foto sempre", acrescenta Sátila, que marcou o tempo de 106s92 em sua última descida do Pan-Americano, ficando à frente de fortes adversárias como as canadenses Jessica Groeveld e Thea Froehlich.

À época da prova, a atleta ainda não havia completado 16 anos. A brasileira, que já conhecia as rivais do Canadá de treinamentos e outras competições, confessa que o clima era tenso. "Eu estava muito nervosa. Vinha ganhando as classificatórias mas, na final, se desse um errinho, perdia tudo. Ainda mais por estar competindo com atletas de alto nível", afirma.

Apesar de dizer que não esperava a classificação logo para esta Olimpíada, Ana Sátila ressalta que treinou "bastante com o objetivo de ganhar a vaga".

Dia a dia

Na idade da atleta, algo fundamental não podia ser diferente: suas intensas práticas esportivas são intercaladas com as atividades escolares. "Meu dia é completamente preenchido e dividido. Vou no colégio e faço treinamento. Sempre dedicada. É fácil. É só ter força de vontade que dá certo", conta Sátila.

De acordo com a canoísta, os colegas acompanham sua carreira esportiva. "Eles acham bem legal, comentam na escola", afirma. A atleta acrescenta que seus amigos mais próximos costumam ir às competições. "Dá uma sensação boa ter eles do lado", diz a competidora, que aos 15 anos se mudou de Primavera do Leste, no Mato Grosso, para Foz do Iguaçu, no Paraná, onde passou a treinar com a Seleção Brasileira. Também na cidade paranaense moram sua mãe e uma irmã.

Expectativas olímpicas

Ana Sátila não mede palavras quando questionada sobre o que espera da competição de canoagem em sua categoria nos Jogos Olímpicos. "Primeiro lugar. Tenho sempre que treinar pensando o máximo", diz a competidora, para quem há um grande número de canoístas com boas chances na disputa.

Para Sátila, estar presente em uma Olimpíada representa aprendizado. "Saber que você vai conhecer pessoas diferentes é bem interessante", diz a competidora, que tem um esportista preferido entre tantos que disputarão os Jogos: "César Cielo. Gostaria de ver (o nadador) porque passou por cima de tudo. É um grande atleta".

Segundo ela, Londres também se apresenta como uma ótima oportunidade para ganhar experiência com vistas à Olimpíada de 2016. E justamente com o propósito de preparar a Seleção Brasileira para os Jogos do Rio de Janeiro, a Confederação Brasileira de Canoagem contratou o treinador italiano Ettore Ivaldi, que tem trabalhado com a canoísta e contribuído com os resultados. "Ele é um técnico muito experiente e já treinou várias seleções", afirma Sátila. "Estamos tentando aprender o máximo".

A conquista de Ana Sátila já inspira crianças. Em Primavera do Leste, cidade da competidora brasileira na categoria K1 da canoagem slalom em Londres, sua história já serve como combustível para a prática esportiva. "Lá na minha cidade têm muitas crianças que estão no projeto Crescendo na Canoagem (para o desenvolvimento da modalidade). Elas veem que nada é impossível", conclui.

Londres 2012 no Terra

O Terra, maior empresa de internet da América Latina, transmitirá ao vivo e em alta definição (HD) todas as modalidades dos Jogos Olímpicos de Londres, que serão realizados entre os dias 27 de julho e 12 de agosto de 2012. Com reportagens especiais e acompanhamento do dia a dia dos atletas, a cobertura contará com textos, vídeos, fotos, debates, participação do internauta e repercussão nas redes sociais.

Ricardo e Emanuel levam ouro inédito nos Jogos de Atenas
Fonte: Terra
publicidade