2 eventos ao vivo

Centenária e veterano do Afeganistão estarão no revezamento da tocha

19 mar 2012
10h51
atualizado às 14h45
Ulisses Neto
Direto de Londres

Cerca de 7.300 moradores do Reino Unido foram selecionados para carregar a tocha olímpica na jornada de 70 dias pelo país, que vai terminar na cerimônia de abertura dos Jogos de Londres. Cada uma dessas pessoas tem uma história de vida que, de alguma maneira, envolve superação, comprometimento e transformação. Justamente o grande slogan dos organizadores da Olimpíada na capital britânica.

» Ronaldinho? Júlio César? Escolha quem você levaria para a Olimpíada
» Vote e eleja a mais bela atleta do Mundial Indoor de Istambul

Esse batalhão de cidadãos comuns é composto por pessoas de diferentes origens e idades, numa tentativa de representar a pluralidade de Londres, a maior cidade da Europa. Entre os escolhidos para percorrer o trajeto de quase 13 mil km, está o ex-soldado Aidan Kirkwood, 23 anos.

Em 2009, Kirkwood integrava as tropas britânicas no Afeganistão quando se feriu gravemente durante um treinamento. "Foram lesões muito sérias, fui exposto a temperaturas extremamente elevadas e, basicamente, meus orgãos começaram a cozinhar", contou em entrevista ao Terra.

O então militar conseguiu se recuperar dos ferimentos. No entanto, foi aconselhado pelos médicos a nunca mais realizar exercícios físicos prolongados para evitar que a temperatura de seu corpo subisse muito. "Algo que eu prontamente ignorei", lembrou. "Assim que melhorei, voltei a participar de corridas e outros esportes de aventura para fins beneficentes", explicou Kirkwood.

Entre as façanhas dele está uma caminhada de 160 km pela Muralha de Adriano, no norte da Inglaterra. "A única diferença hoje é que quando sinto que estou ficando muito quente resolvo parar. Estou aprendendo a gerenciar o meu corpo", completou.

Dinah Gould será a pessoa mais velha a carregar a tocha olímpica no Reino Unido. A idosa vai completar 100 anos de idade pouco antes dos Jogos. "Posso ser centenária, mas não sou velha", brincou. "Com certeza, não vou conseguir correr. Vou ter que caminhar com a tocha. Por isso, espero que meu trajeto seja plano", disse.

Gould foi escolhida por seu envolvimento com o Esporte. "Moro em um prédio e ensino idosos como eu a fazer exercícios físicos. Fazemos isso duas vezes por semana porque é importante se manter em movimento", contou. A idosa diz ter praticado badminton e tênis de mesa até os 86 anos de idade. "Agora, já estou me preparando para o grande dia. Fico andando de um lado para o outro no meu prédio com uma vela na mão."

Na outra ponta da faixa etária está Dominic MacGowan, o mais jovem entre os escolhidos para carregar a tocha olímpica. O estudante de 12 anos não conseguia esconder a empolgação por participar do grande evento. "Estou sonhando com isso todos os dias", disse.

Macgowan praticava atletismo, mas teve que abandonar o Esporte depois de uma lesão. Por ter enfrentado o problema com bom espírito, acabou escolhido para representar sua escola no evento olímpico. "Estou muito orgulhoso de fazer parte disso tudo. É uma grande oportunidade, segurar a tocha será algo incrível."

Londres 2012 no Terra

O Terra, maior empresa de internet da América Latina, transmitirá ao vivo e em alta definição (HD) todas as modalidades dos Jogos Olímpicos de Londres, que serão realizados entre os dias 27 de julho e 12 de agosto de 2012. Com reportagens especiais e acompanhamento do dia a dia dos atletas, a cobertura contará com textos, vídeos, fotos, debates, participação do internauta e repercussão nas redes sociais.

Fonte: Especial para Terra
publicidade