0

Com aumento na venda, brasileiros priorizam ingressos do vôlei

28 jun 2012
08h41
atualizado em 29/6/2012 às 16h01
GUSTAVO SETTI

A menos de um mês do início dos Jogos Olímpicos, os brasileiros se preparam para ir a Londres acompanhar a Olimpíada. Em comparação com quatro anos atrás, em Pequim, os cidadãos do País compraram muitos mais ingressos para essa edição. Dos 18 mil da China, esse ano foram vendidos, até agora, cerca de 47 mil entradas para as provas em Londres.

» Escolha a atleta mais bela dos Jogos Olímpicos de Londres 2012
» Brigas e dramas: relembre grandes momentos olímpicos
» Saiba todos os detalhes dos atletas brasileiros que estarão em Londres

Os dados são da agência de viagens Tamoyo, responsável pela comercialização no Brasil. Como já era previsto, os brasileiros dão preferência para a modalidade que o País tem, em teoria, as maiores chances de medalha.

Dessa forma, o vôlei se destaca nas vendas de junho com 27,3%. Na sequência vem o vôlei de praia, outra modalidade que o Brasil é tradicional (17,5%). Depois encontra-se o basquete, com 8,80%, na terceira posição.

Segundo a empresa, o número total de ingressos disponibilizados para o Brasil está relacionado com o número de vagas obtidas pelos atletas do País. Outro fator que influencia na quantidade fornecida pelo Comitê Organizador de Londres 2012 (Locog) é o fato do Rio de Janeiro ser a próxima cidade-sede da Olimpíada. Assim, a Tamoyo divulgou que, para Pequim 2008, 30% da demanda foi atendida, já este ano subiu para 70% da solicitação.

O preço dos ingressos é padrão em todo o mundo pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) e Locog. No Brasil, o valor oficial é convertido de libras esterlinas para reais pelo câmbio do dia. Uma entrada para uma partida da primeira fase do vôlei no dia 3 de agosto, por exemplo, tem assentos que custam de aproximadamente R$ 65 até R$ 215. No total, os bilhetes variam de 20 libras (cerca de R$ 65) a 2 mil (R$ 6,4 mil) para os lugares mais caros.

Ingressos restantes

A cota de ingressos dos brasileiros ainda não está esgotada. Assim, quem deseja acompanhar os Jogos na capital inglesa pode adquirir entradas no site oficial da agência. O limite é de quatro bilhetes por CPF, e a pessoa deve residir no Brasil para efetuar a compra.

Porém, as entradas para alguns dos eventos mais esperados, como a cerimônia de abertura, as finais do vôlei, e o dia da final dos 100 m rasos estão esgotadas.

A expectativa da empresa é de que 50 mil ingressos sejam vendidos para os brasileiros. Assim como aconteceu de Pequim para Londres, o crescimento do número comercializado também ocorreu em outras edições dos Jogos. Para Atenas 2004, os brasileiros adquiriram 12 mil ingressos, já a venda para os Jogos de Sydney 2000 foi de 8 mil.

Confira o ranking das vendas por modalidade - junho de 2012:

Volêi 27,30%
Volêi de praia 17,50%
Basquete 8,80%
Atletismo 7,10%
Futebol 6,40%
Judô 4,50%
Ginástica Artística 3,40%
Natação 2,80%
Outros 22,20%

Londres 2012 no Terra

O Terra, maior empresa de internet da América Latina, transmitirá ao vivo e em alta definição (HD) todas as modalidades dos Jogos Olímpicos de Londres, que serão realizados entre os dias 27 de julho e 12 de agosto de 2012. Com reportagens especiais e acompanhamento do dia a dia dos atletas, a cobertura contará com textos, vídeos, fotos, debates, participação do internauta e repercussão nas redes sociais.

Ingressos mais baratos dos Jogos Olímpicos de Londres custam cerca de R$ 65
Ingressos mais baratos dos Jogos Olímpicos de Londres custam cerca de R$ 65
Foto: LOCOG / Divulgação
Fonte: Terra
publicidade