0

Confederação de handebol lança projeto para criar "Seleções B"

25 fev 2012
21h56
atualizado às 21h58

Presidente da Confederação Brasileira de Handebol (CBHb), Manoel Luiz Oliveira lançou neste sábado um projeto a fim de melhorar as categorias de base da modalidade. De olho nos Jogos Olímpicos de 2016 e 2020, o mandatário pretende criar centros de treinamento pelo País para criar "Seleções Nacionais B", com atletas entre 16 e 21 anos.

O projeto conta com a realização de cinco fases de treinamento por ano, com duração de até dez dias. Os treinos serão seletivos e terão atletas mais novos. Assim, poderão ser formadas equipes nacionais com 28 jogadores: as seleções de cada centro jogariam entre si para que os melhores fossem escolhidos.

"Com esse projeto, vamos realizar um sonho e contribuir para revelar talentos e proporcionar o maior nível de desenvolvimento do handebol em nossa história. Todos os Estados serão beneficiados com a chance de ter atletas e dirigentes na Seleção", disse Manoel Luiz Oliveira, durante a Assembleia Geral Ordinária da entidade, em Aracaju, no Sergipe.

Para abrigar um dos centros, as cidades candidatas precisam ter a seguinte estrutura: um ginásio nas medidas oficiais e com piso flutuante, atendimento médico, fisioterápico e odontológico, alojamento, alimentação, água, gelo, transporte interno, segurança e sala de reunião.

2012:

Principal "joia" da CBHb, a Seleção Brasileira feminina será formada novamente em março para amistosos em Londres contra a Noruega (atual campeã mundial) e Inglaterra - duas possíveis adversárias na Olimpíada de 2012.

Visando aos Jogos, a equipe nacional que ficou com o quinto lugar do último Mundial ainda passará por um período de treinamentos em abril, no Hypo - clube da Áustria que possui quase metade de componentes da Seleção. Já em maio e junho estão programados amistosos na Turquia e, em julho, mais jogos-treinos em Alemanha e Holanda, contra os times da casa.

"De abril a dezembro de 2011, ficamos 79 dias juntos, entre treinos e jogos, o que é muito bom. Esse é o sistema utilizado em todo o mundo e é o que vamos continuar fazendo", comentou o dinamarquês Morten Soubak, técnico da Seleção feminina. "A Olimpíada deste ano será pedreira, com partidas muitos equilibradas, mas mostramos que somos capazes ao ficarmos entre os melhores do mundo. Estamos muito motivados e vamos fazer o nosso melhor para realizar esse sonho", acrescentou.

Campeã dos Jogos Pan-Americanos, a Seleção Brasileira feminina já está classificada para a Olimpíada de 2012. Já o time masculino, que perdeu na decisão do Pan para a Argentina, terá que disputar um Pré-Olímpico em abril para tentar as vagas remanescentes.

Londres 2012 no Terra

O Terra, maior empresa de internet da América Latina, transmitirá ao vivo e em alta definição (HD) todas as modalidades dos Jogos Olímpicos de Londres, que serão realizados entre os dias 27 de julho e 12 de agosto de 2012. Com reportagens especiais e acompanhamento do dia a dia dos atletas, a cobertura contará com textos, vídeos, fotos, debates, participação do internauta e repercussão nas redes sociais.

Com informações da Lancepress

Manoel Luiz de Oliveira discursou neste sábado, no último dia da Assembleia Geral da CBHb
Manoel Luiz de Oliveira discursou neste sábado, no último dia da Assembleia Geral da CBHb
Foto: Jorge Henrique/Photo&Grafia / Divulgação
Fonte: Terra
publicidade