0

Guilheiro se espelha em Federer e Jordan por ouro olímpico

4 jul 2012
10h13
atualizado em 5/7/2012 às 10h11
Guilherme Dorini
Direto de São Paulo

Leandro Guilheiro é o número um do ranking mundial na sua categoria, até 81 kg, e por conta disso garantiu sua vaga para a disputa dos Jogos Olímpicos de Londres. O brasileiro, que já chegou perto de uma final olímpica duas vezes, mas acabou com a medalha de bronze em Atenas e Pequim, assumiu seu gosto por outros esportes, principalmente tênis. Fã de Roger Federer, Guilheiro também destacou Michael Jordan como um dos seus esportistas favoritos.

» Veja como colocar o widget de Londres 2012 em seu site
» Brigas e dramas: relembre grandes momentos olímpicos
» Saiba todos os detalhes dos atletas brasileiros que estarão em Londres

Após assumir seu gosto por tênis e pelo ex-número um do mundo (Federer), o judoca não conseguiu escapar das comparações entre o suiço e Rafael Nadal. "Federer é um cara mais perfeccionista. Já o Nadal tem uma coisa que eu admiro muito, que é um espírito guerreiro e uma parte mental muito forte, não que o Federer não tenha isso, mas vi cada situação que o Nadal saiu do limbo, foi incrível. Mas, pelo conjunto da obra, ainda fico com Federer", respondeu.

Além do tenista suiço, Guilheiro contou que possui um outro esportista em que ele se espelha, o maior jogador de basquete de todos os tempos: Michael Jordan. "Tem dois caras que eu admiro muito no esporte: o Federer e o Michael Jordan. Jordan eu admiro por ser um cara totalmente competitivo, que odiava perder e sempre buscava a excelência. Já Federer ainda está realizando isso. Eles dois são eternos para mim", ressaltou.

Durante a Olimpíada de 2004, em Atenas, o brasileiro teve a chance de tietar seu ídolo, mas quase não conseguiu registrar o momento. "Eu vi o Federer nos Jogos de Atenas. Eu estava jantando na Vila Olímpica e quando olhei pra trás ele estava lá. Eu não sou um cara de tirar muita foto, nem mesmo de paisagem, tanto que nunca ando com câmera no bolso. Minha sorte é que estava com a Danielle Zangrando, ex-judoca, ela que acabou tirando a foto", contou.

Ainda falando sobre tênis, Leandro foi questionado sobre o desempenho recente de Thomaz Bellucci. Por não ser um especialista no esporte, o judoca preferiu não falar sobre a performance do brasileiro."Não conheço muito o esporte para comentar sobre isso. Sei que ele tem um fardo muito grande que é substituir um ídolo brasileiro, é uma cruz muito grande e difícil. Já ouvi muito bem sobre ele, que é um garoto muito talentoso. Torço para ele alcançar seus sonhos. É sempre bom ver um brasileiro ganhando", disse.

Sobre a pressão de voltar com uma medalha, ele disse que não há uma específica nele. "São 14 atletas com chances de medalha, acho que pelo menos um de nós vai conseguir lidar com tudo isso e conseguir um bom resultado. Temos muitas armas e muitas possibilidades. Olimpíada tudo pode acontecer, é imprevisivel. Uma coisa que é quase certa, é que pelo menos um medalha o judô brasileiro vai conquistar", finalizou.

Londres 2012 no Terra

O Terra, maior empresa de internet da América Latina, transmitirá ao vivo e em alta definição (HD) todas as modalidades dos Jogos Olímpicos de Londres, que serão realizados entre os dias 27 de julho e 12 de agosto de 2012. Com reportagens especiais e acompanhamento do dia a dia dos atletas, a cobertura contará com textos, vídeos, fotos, debates, participação do internauta e repercussão nas redes sociais.

Após duas medalhas de bronze, Leandro Guilheiro tenta ouro olímpico em Londres
Após duas medalhas de bronze, Leandro Guilheiro tenta ouro olímpico em Londres
Foto: Adriano Lima / Terra
Fonte: Terra
publicidade