0

Itália confirma supremacia na esgrima com título por equipes no florete

2 ago 2012
16h57
atualizado às 19h41

As disputas com o florete entre as mulheres nos Jogos Olímpicos de Londres foram concluídas com domínio total da Itália, que venceu a final sobre a Rússia por 45 a 31, nesta quinta-feira, na Arena ExCel.

» Escolha o esporte e assista aos vídeos da Olimpíada de Londres
» Saiba tudo sobre os medalhistas do Brasil em Londres
» Veja como foram as conquistas dos brasileiros
» Veja mapa e conheça tudo sobre o Parque Olímpico de Londres
» Confira a programação de ao vivo do Terra
» Veja a agenda e resultados dos Jogos de Londres

As italianas, que já haviam conquistado os três lugares no pódio na competição individual, venceram os nove combates da decisão e garantiram o ouro com relativa tranquilidade.

O bronze do florete feminino por equipes foi para o Japão, derrotado pela Rússia na semifinal. Na decisão do terceiro lugar, a nação asiática marcou 45 a 32 sobre a França e garantiu seu lugar no pódio.

Na competição individual do florete feminino, a Itália teve as três primeiras colocadas, que integraram o time do país nesta quinta-feira. O ouro foi para Elisa di Francisca, que na final derrotou sua compatriota Arianna Errigo. Na disputa do bronze, Valentina Vezzali superou a sul-coreana Hyun Hee Nam.

Olimpíada ao vivo no Terra
O Terra, maior empresa de internet da América Latina, transmite ao vivo e em alta definição (HD) todas as modalidades dos Jogos Olímpicos de Londres. Com reportagens especiais e acompanhamento do dia a dia dos atletas, a cobertura conta comtextos,vídeos,fotos, e participação do internautae repercussão no Facebook.Siga também a cobertura no Twitter e participe com a hashtag: #TerraLondres2012

O brasileiro começou vencendo por 1 a 0, mas Bas Verwijlen logo se recuperou e fez 4 a 1. Depois de uma paralisação por conta de uma torção no pé do holandês, Schwantes fez 4 a 2, mas levou dois pontos em seguida e, apesar de marcar um a três segundos do fim, o primeiro tempo terminou 6 a 3 para o adversário
O brasileiro começou vencendo por 1 a 0, mas Bas Verwijlen logo se recuperou e fez 4 a 1. Depois de uma paralisação por conta de uma torção no pé do holandês, Schwantes fez 4 a 2, mas levou dois pontos em seguida e, apesar de marcar um a três segundos do fim, o primeiro tempo terminou 6 a 3 para o adversário
Foto: EFE
AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 

compartilhe

publicidade
publicidade